Por Moara Albuquerque
Em 24/07/2017

O COMÉRCIO NA CASACOR SP 2017

Esta semana você verá os projetos comerciais que fizeram sucesso na CASACOR SP!

O evento da CASACOR é de grande magnitude – é impossível colocarmos aqui todos os 69 ambientes! Embora todos sejam encantadores, semana passada nós elegemos os nossos favoritos e falamos um pouquinho de cada um aqui na Decore+BV. Essa semana, escolhemos alguns ambientes comerciais para mostrar a vocês, porque, afinal, projeto comercial é a nossa especialidade! Confira a seguir os nossos favoritos:

Restaurante Badebec

(Patrizia Genovese e Guilherme Longo)

Mobiliários com formas arredondadas e estofados em veludo


Cores do momento - variações de verde, azul e rosa

O restaurante da mostra, seguiu a tendência que vimos recentemente em Milão – foi inspirado nos restaurantes franceses com décor retrô chique, marcante nos anos 1950 a 1970 na Europa. Essa influência da Feira de Milão aparece nos detalhes dourados e nos tecidos que revestem o mobiliário nos tons rosa pálido e na cor do ano, o verde Greenery.

Uma surpresa do restaurante é os banheiros – ganharam porcelanato em tons claros e escuros, e mosaicos artísticos feitos de pedras naturais.

Bar do Jardim - Barê, projetado por Marcos Caracho

Antes da reforma, o Bar do Jardim era um ambiente de 200 m² com vários pilares e um grande pé-direito que dominava o ambiente. Além disso, todo o espaço era tombado como Patrimônio Cultural – nada podia ser demolido ou fixado de maneira definitiva. Para poder transformar esse espaço em um bar aconchegante, o arquiteto teve de trabalhar com muita criatividade e domínio de materiais.

Para transformar o espaço vertical para horizontal o arquiteto aplicou uma cortina de cordas, feitas de garrafas pet, como fechamento interno. O piso é de madeira de reflorestamento e foi assentado de maneira a proteger o piso original, enquanto que, para fazer contraste com a madeira, os pilares receberam chapa de aço carbono in natura, que dá um ar de estilo industrial.

Na decoração, o Bar do Jardim traz obras de arte para o espaço de maneira lúdica, e mobiliários de diferentes estilos e tamanhos. Isso criou um ambiente descontraído e “mini ambientes” dentro do espaço maior.

Boulangèrie

Idália Daudt

Neste projeto, a arquiteta usou paredes de cimento queimado (painéis em MDF), contrastando com tons fortes para criar um espaço com design rústico e referências francesas. A iluminação com luminárias de sobrepor presas em trilhos produz um efeito cenográfico nos quadros e em cima das mesas.

Café Experiência

(Marília Pellegrini)

O Café Experiência aposta nos materiais naturais, sem excessos. O projeto consiste em uma caixa revestida em taipa de pilão, remetendo à época do ciclo do café. A entrada recebeu painéis pivotantes com desenhos inspirados nas folhas do café. Um detalhe que merece destaque são os grãos de café que aparecem nas “rachaduras” da fachada.

Jardim Deca

(Alex Hanazaki)

O jardim Deca, embora não seja um espaço comercial, merece ser mencionado, pois dá destaque para a marca de maneira inovadora. Ele é basicamente um labirinto sensorial, que desperta a curiosidade dos visitantes e transforma os próprios produtos da empresa em obras de arte: chuveiros se convertem em cascatas, louças que seriam descartadas são utilizadas para uma composição decorativa.

Loja dos Cristais

(Jayme Bernardo)

Como fazer uma loja que destaque o produto? Neste caso, os produtos são lustres de cristais. A escolha do arquiteto foi usar o preto na decoração e peças de design minimalista, fazendo com que as peças da Baccarat fossem o ponto de destaque.

Loja da CASACOR

(Marton Estúdio)

A Loja da CASACOR foi inspirada nas lojas de museus, como o MoMa de Nova York, e o Centre Pompidou de Paris. O mobiliário foi feito em melamínico amadeirado e pastilhas de vidro, com formas em linhas simples e retas, sem detalhes, que fazem a composição espacial com base na repetição de cheios e vazios.

Loja MMartan

A loja da MMartan foi feita com “tubetes” de plástico e cinco mil lâmpadas de LED dispostos na parede. Esses “tubetes” são nada mais do que a forma inicial das garrafas plásticas, antes de se transformarem na forma que conhecemos.

 Gostaram das dicas? 
Mande seus comentários e suas dúvidas para o e-mail contato@opendoor.arq.br, com o título DECORE+BV. A sua dúvida ou sugestão pode ser o tema do próximo artigo da nossa coluna!Abraços e até a próxima semana!

Moara Albuquerque
contato@opendoor.arq.br
Moara Albuquerque é arquiteta da OpenDoor Arquitetura, uma empresa voltada para a criação de projetos comerciais e clínicos.
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Decore+BV
+ Ler mais artigos de Decore+BV