Por Moara Albuquerque
Em 19/02/2018

DIVIDIR SEM EXCLUIR

Divisórias que ao mesmo tempo separam e integram ambientes

Antigamente, o mais comum era cada função da casa ter um espaço específico – sala de TV, sala de estar, cozinha, sala de jantar, despensa, por aí vai. Hoje em dia, o conceito de espaço aberto é mais utilizado – ambientes integrados, com várias funções juntas no mesmo lugar. Além de ser a melhor opção para casas menores e apartamentos pequenos, essa proposta cria um espaço moderno, prático e que permite maior aconchego e interação entre as pessoas.


Porém, algumas vezes, esses espaços amplos e integrados precisam de uma pequena divisão. Essa divisão, para manter a ideia de integração, não pode separar totalmente o ambiente. Para isso, contamos com os painéis de divisórias – eles setorizam um ambiente, organizando-o visualmente, diminuindo a confusão visual. São os tradicionais biombos, grades de ferro, cobogós ou estantes, que separam, e ao mesmo tempo integram, dois ambientes.

Divisória feita com cordas amarradas em estrutura de MDF. Para um ambiente corporativo, ajuda a dividir os ambientes, dar mais privacidade a cada funcionário, ao mesmo tempo que mantém o espaço integrado e possibilita a visão de todas as salas.

Uma divisória feita com finos troncos de árvores – traz a beleza dos jardins para o ambiente interno. É uma ótima proposta para restaurantes, pois pode ser utilizada para separar os encostos das cadeiras, dando uma maior sensação de privacidade para os clientes de cada mesa.

Divisórias podem isolar certas partes de ambientes que precisam de uma maior restrição, como um canto de leitura, um hall de entrada, o acesso à escada ou ao banheiro. No caso da imagem, isolou-se o acesso à escada com uma estrutura de madeira e metal. O recorte no piso com a utilização de pedras deu uma nova cara ao ambiente.

Divisória feita com placas verticais de bambu. Os diferentes afastamentos e ângulos de rotação entre as placas dão movimento ao painel.

Pode-se usar a vegetação na divisória! Na segunda imagem, temos ainda a possibilidade de usar a estante para dividir o ambiente. Nos nichos pode-se colocar plantas, livros e objetos decorativos.

Moldura preenchida com uma malha de linhas, que formam um delicado bordado.

Moara Albuquerque
contato@opendoor.arq.br
Moara Albuquerque é arquiteta da OpenDoor Arquitetura, uma empresa voltada para a criação de projetos comerciais e clínicos.
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!