Por Denise Rohnelt Araujo
Em 16/09/2017

EDITORIAL

Muito feliz em ver que a gastronomia tem sido pautada na cidade com pequenos eventos acontecendo, na semana passada com vários Food Trucks vindos do sul do país e essa semana com o festival Comida de Boteco no Roraima Garden Shopping. Serão sete empreendimentos servindo tira-gostos como: fish and chips; arancini com recheio de queijo defumado e ervas; filezinho com bacon e batata frita e bolinho de macaxeira; porção de torresmo, porção de bolinho de banana com carne seca; bolinho de bacalhau e bolinho de feijoada e muito mais!

O chef Jorge Cardoso vai servir sua versão regional do prato predileto do inglês, o fish and chips, ele vai usar ingredientes amazônicos, o peixe será Caparari, o chips de macaxeira, e vai ser servido com molho de açaí.

Os preços dos pratos serão de 15 a 35 reais. Além das comidas de boteco, e das bebidas geladas, vai ter música ao vivo no sábado e pula-pula para as crianças.

O festival vai ser hoje e amanhã no Roraima Garden Shopping das 18 às 22 horas, aproveitem e prestigiem.

Hoje deixo para vocês uma receita que foi enviada pelo Centro Europeu (www.centroeuropeu.com.br), que fica em Curitiba – PR. A receita vegana foi elaborada pela chef Desiree Maistro, uma Torta de palmito com massa de grão de bico, além de saborosa e funcional, não contém glúten, lactose e açúcar refinado.

Até o próximo sábado!


 RECEITA 


Torta vegana de palmito com massa de grão de bico
Chef Desiree Maistro
 
 INGREDIENTES: 
Massa da torta:
02 xícaras de grão de bico cozido
02 colheres de sopa de óleo vegetal
01 colher de chá de sal

Recheio:
02 vidros de palmito em conserva
¼ de xícara de azeitonas picadas
01 cebola grande picada
02 dentes de alho picados
02 colheres de sopa de óleo de milho
03 colheres de biomassa de banana verde
03 colheres de extrato de tomate
Sal e pimenta a gosto
Tomates cereja para decorar

 MODO DE PREPARO: 

Em um processador ou mixer bata todos os ingredientes da massa até formar uma pasta grossa e homogênea. Se necessário acrescente um pouco de água para ajudar o processador a triturar, cerca de ¼ de xícara. Unte uma forma de fundo removível de aproximadamente 25 cm e forre o fundo e a lateral. Leve ao forno pré-aquecido a 20ºC por 10 minutos.

Enquanto a massa estiver assando, prepare o recheio.

Em uma panela grande, refogue a cebola no óleo até ficar translúcida e acrescente o alho. Adicione o palmito picado e as azeitonas, misture bem e agregue o extrato de tomate. Deixe cozinhar um pouco e acrescente a biomassa. Mexa bem até atingir um recheio cremoso. Se necessário coloque mais biomassa. Acerte o sal e a pimenta e desligue o fogo.

Transfira o recheio para a massa já assada. Espalhe bem e finalize com tomatinhos laminados.

DICA - Caso não tenha biomassa, engrosse o recheio com duas colheres de amido de milho com ½ copo de água. Coloque na mistura após o extrato, mexendo bem até que o recheio fique cremoso.
Rendimento: porção para duas pessoas


SEMANA MESA 2017 – COZINHA TROPICALISTA

A Semana Mesa SP 2017, maior evento da gastronomia da América Latina, será nos dias 26 a 29 de outubro, e será realizado, pela primeira vez, no Memorial da América Latina. O tema deste ano é “Cozinha tropicalista: o grito da gastronomia brasileira”.

A programação do evento tem seu ponto alto com o congresso Mesa Tendências, que este ano traz os convidados internacionais: a chef eslovena Ana Ros, que foi eleita em 2016 a melhor chef mulher do mundo pelo ranking 50th Best Restaurants; o italiano Carlo Petrini do Slow Food; o peruano Renzo Garibaldi; o chef português Vitor Sobral; e o escocês naturalizado na Austrália Jock Zonfrillo, que vai falar sobre a gastronomia indígena australiana.

Durante os quatro dias, além do congresso, a Semana Mesa tem o Mesa ao Vivo, que oferece mais de 70 aulas demonstrativas com grandes nomes da cozinha brasileira e internacional. Um dos destaques é a apresentação do jovem catalão Adrià Dalmau, do azeite Premium Nousegons que conheci este ano na Catalunha. Ele vai se apresentar com o chef pantaneiro Paulo Machado (MS) e com a Carol Lima da Hola Olive.

Este ano terá a terceira edição do prêmio Queijos do Brasil; o primeiro Mesa Vinhos com fórum e degustação; o Empório Mesa é uma área que terá vendas de produtos especiais e degustação. Outro grande destaque é o espaço Farofa do Brasil, que terá produtos da agricultura familiar e produtos artesanais de norte a sul do país. O objetivo deste espaço é a conexão e estreitamento de laços entre os produtores familiares com os maiores chefs do país.

Para quem quer conhecer melhor os grandes nomes da gastronomia brasileira, a Semana Mesa São Paulo é o local ideal. Já estão confirmados: Alex Atala (SP), Roberta Sudbrack (RJ), Helena Rizzo (SP), Edinho Engel e Tereza Paim (BA); Leo Paixão e Rusty Marcellini (MG); Ana Luiza Trajano (SP); Janaína e Jefferson Rueda (SP); Thomas Troisgros (RJ); Manu Buffara e Gabrielle Mahamud (PR); Marcelo Schambeck (RS); Francisco Ansilero, Mara Alcamim e Gil Guimarães (DF) para citar alguns nomes. Informações pelo site: https://www.semanamesasp.com.br/

Foi dada a largada para o X Concurso do Espumante Brasileiro
 
A maior vitrine do espumante brasileiro começa a receber inscrições para sua 10ª edição. As vinícolas de todo o Brasil já podem inscrever amostras de espumantes no X Concurso do Espumante Brasileiro, realizado pela Associação Brasileira de Enologia (ABE) no período de 18 a 20 de outubro, integrando a programação da Fenachamp 2017, que acontece na Capital Brasileira do Espumante, em Garibaldi (RS).

As inscrições podem ser feitas mediante preenchimento de ficha online por meio do link de acesso www.enologia.org.br/concurso-do-espumante-brasileiro/ e com pagamento da taxa de inscrição. O prazo para as vinícolas entregarem as amostras encerra dia 29 de setembro. Para o presidente da ABE, enólogo Edegar Scortegagna, esta é uma grande oportunidade de promoção da bebida. “Durante dois dias, um júri formado por enólogos, sommeliers e jornalistas especializados degustará na taça o desempenho do espumante brasileiro. O resultado será compartilhado com o mundo”, destaca. Scortegagna também chama a atenção para o destaque que os espumantes premiados vêm ganhando a cada edição do concurso, configurando-se como um excelente parâmetro para o mercado consumidor tanto interno quanto externo.

Poderão participar espumantes naturais, provenientes de uvas vitis viníferas, obtidos a partir dos diferentes métodos, que estejam sendo comercializados normalmente pelas empresas. Os espumantes serão degustados às cegas, seguindo normas internacionais, dentro de suas categorias: espumantes de segunda fermentação (charmat e tradicional) e espumantes de primeira fermentação (moscatéis). O concurso segue as normas da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV) e da União Internacional de Enólogos (UIOE). As degustações serão realizadas na Câmara da Indústria e Comércio de Garibaldi (CIC). A expectativa é que esta 10ª edição supere a adesão de 2015, quando foram registradas 264 amostras de 70 vinícolas de 10 regiões produtoras do Brasil.

Serão premiados com Grande Medalha de Ouro, Medalha de Ouro, Medalha de Prata e Medalha de Bronze os espumantes melhores classificados por categoria, respeitando o limite de 30% dos inscritos. A divulgação dos resultados e entrega das medalhas ocorrerá em coquetel realizado na noite do dia 20 de outubro no CTG Sentinela da Serra, no Parque da Fenachamp.

Denise Rohnelt Araujo
jornalista@teste.com.br
http://meusite.com.br
Aqui ficará as informações sobre o colunista e a coluna.
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Letras Saborosas
+ Ler mais artigos de Letras Saborosas