Por Francisco Cândido
Em 28/06/2017

SÃO JOÃO
Patrono da Maçonaria

Na Biblioteca da Prefeitura de Londres, Inglaterra, há um registro histórico que consta como início da Maçonaria o dia 02 de fevereiro de 1356. No entanto, alguns historiadores maçônicos preferem como início o dia 24 de junho (Dia de São João) de 1717, quando quatro Lojas Londrinas reuniram-se na "Estalagem da Macieira", na cidade de Coven Garden, e fundaram a Grande Loja de Londres (Mãe de todas as futuras Lojas e Potências Maçônicas ou Orientes) tendo como primeiro Grão-Mestre Sir Anthony Sayer. Começava assim a Maçonaria, com suas normas, seus Ritos e ritualísticas praticadas em todo o mundo.

Em Roraima, a Maçonaria começou em 09 de setembro de 1940 quando foi fundada a Loja Maçônica Liberdade e Progresso nº. 32 (hoje a nº. 1).

No dia 20 de Agosto de 1981, 55 maçons reuniram-se no Templo da Benemérita Loja Simbólica Liberdade e Progresso nº. 01, situada à Rua Coronel Pinto nº 396, Centro de Boa Vista, para fundarem a Grande Loja Maçônica de Roraima, através do Decreto nº. 032 de 14 de maio de 1981, expedido pela Grande Loja Maçônica do Estado do Amazonas à qual as Lojas roraimenses eram jurisdicionadas. O primeiro Grão–Mestre foi o venerável Orlando Marinho da Silva, seguido de Abdala Habib Fraxe, Kildo Albuquerque Andrade, Ademir Pinheiro Viana e Lindberg Melo da Silva. O atual é o advogado Sérgio Cordeiro Santiago.

Mas, a Maçonaria em Roraima não é só a Grande Loja. Também há o Grande Oriente Estadual de Roraima – GOERR-, uma potência maçônica reconhecidamente de primeira grandeza. A primeira Loja do Grande Oriente em Boa Vista é a Augusta, Respeitável e Benemérita Loja Simbólica “20 de Agosto” de nº 1.818, fundada no dia 20/08/1971. E, diga-se de passagem, foi fundada por cinco mações da Grande Loja, como prova de fraternidade.

Até aquela data o que existia em Boa Vista era uma Delegacia do Grande Oriente do Brasil–GOB-, tendo como Delegado o nobre Maçom Manoel Noberto, que efetivamente realizou um excelente trabalho, para que houvesse de fato uma unidade maçônica do Grande Oriente com jurisdição em todo o Território Federal de Roraima.

O Grande Oriente Estadual de Roraima – GOERR-, é uma entidade maçônica jurídica de direito privado, autorizado pelo Grande Oriente do Brasil-GOB (do qual é federado) autorizado pelo Decreto nº 225, de 19/05/1999, e instalado oficialmente  no dia 24/03/2001.

O Grande Oriente–GOERR- tem jurisdição sobre suas Lojas em todo o Estado de Roraima, cuja sede em Boa Vista está na Rua Desembargador Francisco Murilo Pinto, 918, no Bairro Caçari. Ao todo são 15 Lojas: “20 de Agosto”, Estrela de Roraima, Glória do Garimpeiro, Acácia de Boa Vista, Extremo Norte de Roraima, Filhos de Lamec, Gentil Rocha Lima, Obreiros da Arte Real de Alto Alegre, Fraternidade da Fronteira, José Maria de Menezes, Pedra Pintada, Moysés Teixeira Hausen, Forte de São Joaquim, Iteresi do Contão, e a Loja Progresso – Altruísmo e Zelo em Amajari.

O Grande Oriente Estadual de Roraima – GOERR-, teve como Grão-Mestres: Samir de Castro Hatem, João Batista Carvalho de Aguiar e Divino Carlos Gouvêa. O atual Eminente Grão-Mestre é o nobre Maçom Raimundo Nonato Rodrigues Coelho (até 2019).

No Brasil, o Grande Oriente é mais antigo do que a Grande Loja (esta foi criada em 1927 a partir de uma dissidência de maçons do Grande Oriente).

O Grande Oriente do Brasil teve sua administração inicial em 1822 e foi constituída a partir do Grão-Mestre José Bonifácio de Andrada e Silva e de outros maçons. E, neste ano de 2017, o Grande Oriente completou 195 anos em nosso País.

Em Boa Vista, no dia 21 de junho deste ano, a Câmara Municipal, por iniciativa da vereadora Aline Rezende e do vereador Rômulo Amorim, aprovou o Projeto de Lei que reconhece como de “Utilidade Pública” o Grande Oriente Estadual de Roraima-GOERR.

E, na quinta-feira passada, dia 22 de junho, a Assembleia Legislativa, por iniciativa do deputado estadual Jorge Ewerton, homenageou o Grande Oriente–GOERR-; e a Grande Loja Maçônica de Roraima com uma “Moção de Congratulação” e Certificado de “Orgulho de Roraima”.  Nesta solenidade foram concedidos Diplomas aos maçons das duas Potências.

Do Grande Oriente Estadual de Roraima, foram agraciados: o Eminente Grão-Mestre Raimundo Nonato Rodrigues Coelho, o seu adjunto José Antônio dos Santos Guedes, o Secretário de Orientação Ritualística, Manoel Noberto (no ato, representando o Soberano Grão-Mestre Geral do Grande Oriente do Brasil – o maçom Marcos José da Silva); e o Venerável Mestre da Loja “20 de Agosto”, Cássio Rogério Gonçalves de Oliveira.

Da Grande Loja do Estado de Roraima, foram agraciados: o Grão-Mestre Sergio Cordeiro Santiago, o seu adjunto José Ribamar Abreu dos Santos, o Venerável Mestre da Loja Liberdade e Progresso nº1–Erick José do Valle Oliveira-, e o Mestre Maçom Francisco Cândido.

Por fim, respondendo à grande pergunta: Quem é o “São João” reverenciado pela Maçonaria como o seu Patrono? É o São João Esmoler (também chamado de São João de Jerusalém). Ele nasceu por volta do ano 550 DC, na Ilha de Chipre (capital Nicósia), na Europa, onde seu pai, Epifânio, era o governador da ilha. João dedicou sua vida a ajudar os pobres, doentes e famintos. Inspirado na conduta dos Cavaleiros Templários, durante as Sagradas Cruzadas, João fundou a Ordem dos Cavaleiros Hospitalares e montou em Jerusalém um hospital que atendesse os peregrinos que iam a Jerusalém visitar o Santo Sepulcro de Jesus Cristo. Esta ordem visava defender os hospitais e prestar socorro aos enfermos, aos pobres e necessitados. Em razão disto, João conquistou enorme respeito dos Templários da época, sendo eleito e sagrado Grão-Mestre dos Cavaleiros de Jerusalém.

A história de vida de São João orienta todo maçom que em sua homenagem trabalha para socorrer os necessitados e levar a luz do conhecimento a toda a Humanidade.

______________________

______________________

______________________

______________________

______________________

______________________

Francisco Cândido
franciscocandido@ibest.com.br
Comentários
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!