Por Folha Web
Em 15/03/2018

GRITO ROCK RORAIMA

Inscrições abertas para edições de Boa Vista e Tepequém

 As inscrições devem ser feitas via e-mail; com release atualizado e 3 fotos devem ser anexadas para validar a inscrição

Em 2018 o Grito Rock Boa Vista chega a sua 11ª edição e realiza a 7ª na Serra do Tepequém. O festival é considerado o maior da América Latina e integra todos os tipos de artes. As inscrições para o festival na serra iniciaram na última semana e foram prorrogadas até o próximo domingo, dia 18. As vagas para o Grito Rock na capital estarão disponíveis a partir desta quinta-feira, 15.

A realização local é do Coletivo Canoa Cultural, em parceria com o Fora do Eixo, Platô 2112, Fora do Eixo Card e a plataforma Toque No Brasil. De acordo com Manoel Vilas Boas, um dos coordenadores do festival em Roraima, as inscrições estão sendo feitas via e-mail. “Para participar é simples: basta enviar um release atualizado, com um breve histórico da banda e três fotos para o e-mail ascomcanoacultural@gmail.com e aguardar o e-mail de confirmação”, destacou.

Assim que o período de inscrições for concluído, as informações com local e horários serão divulgados nas redes sociais do facebook.com/Grito-Rock-Roraima e também do facebook.com/coletivocanoacultural. Outras informações podem ser obtidas através do telefone 98115-4400 ou pelo e-mail ascomcanoacultural@gmail.com

TEPEQUÉM

Os artistas que ainda não se inscreveram para a 7ª edição do Grito Rock Tepequém ainda têm chance de participar. As inscrições foram prorrogadas até domingo, dia 18. O festival será realizado no feriado da semana santa, no Platô 2112.

CASA DO NEUBER

Banda Makunaimanos faz apresentação especial nesta quinta-feira

Som terá início a partir das 21h; show terá diversas participações especiais

Motivos para comemorar não faltarão nesta quinta-feira, 15, na Casa do Neuber: um de seus filhos, o músico Líber Uchôa, comemora mais um ano de vida. Para celebrar a nova idade, a festa será embalada pela sua banda, a Makunaimanos. Além do show especial, haverão diversos convidados especiais durante a noite. O som começa a partir das 21h, com desconto de 50% na entrada até as 22h. A damurida é por conta da casa.
A Casa do Neuber fica localizada na Rua Paulo Pereira, 206, bairro São Francisco. Informações pelo telefone 3224-6052.

 TEATRO

Cia Etc e Tal apresenta espetáculo João O Alfaiate – Um Herói Inusitado

Neste sábado e domingo, 17 e 18 de março, a Companhia Carioca Centro Teatral Etc e Tal apresenta pela primeira vez em Boa Vista o espetáculo 'João O Alfaiate – Um Herói Inusitado', no Teatro Municipal de Boa Vista. O espetáculo que possui classificação livre e 50 minutos de duração, já reuniu mais de 6.000 espectadores por onde passou. Em Boa Vista, os ingressos estão sendo vendidos na bilheteria do teatro aos preços populares e R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia entrada/estudantes) ou online pelo site www.ticketfone.com.br

Sob direção de Alvaro Assad, esta montagem traz para o palco um clássico dos irmãos Grimm. Em cena, o trio de atores Alvaro Assad (Alfaiate), Marcio Moura (Rei) e Melissa Teles-Lôbo (Bobo da corte) esmiúçam a história de um Alfaiate que esbraveja para o mundo sua valentia. A peça, voltada principalmente às crianças, conta – além dos atores reais – com bonecos e rica cenografia e figurinos, tendo sido indicado a 5 prêmios nacionais de teatro.

Em 24 anos de palco, pela primeira vez o trio contou com o estudo de visagismo, criado por Cleber de Oliveira, que transformou os atores através de recursos de maquiagem, cabelos e próteses. O cenário, um trabalho de produção artística de Raquel Theo, coloriu e formatou desenhos de Tarcísio Zanon pensados e laborados exclusivamente para concepção do grupo dessa "caixa de costura” repleta de surpresas. As telas de fundo teatrais, que foram tradição nos teatros da década de 40, fazem parte do ambiente.

A peça conta com a direção e preparação mímica de Alvaro Assad e a trilha original de Joaquim de Paula, que pontua toda trama mesclando onomatopeias, efeitos sonoros e melodias compostas para o desenho de cena (como em desenhos animados), onde pontuam e coreografam a ação. Os figurinos de Flavio Souza desconstroem as figuras de cena do tradicional e mergulham no universo onírico de sobreposição de tons neutros que fazem os corpos dos atores saltarem das telas. O desenho de luz de Aurélio Oliosi ambienta a cena e abusa da metalinguagem, convidando o público a ficar atento ao jogo teatral.

Folha Web
jornalista@teste.com.br
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Canoa Pop
+ Ler mais artigos de Canoa Pop