Por Shirley Rodrigues
Em 10/03/2018

Com Nada 
* A atividade garimpeira em terra indígena é crime, mesmo assim ninguém nunca foi punido ou pelo menos multado por conta disso. Os danos ambientais são visíveis nos rios, nas matas e afetam diretamente os povos da floresta, com essa prática que continua ativa aqui em Roraima, onde são investidos milhões com aquisição de dragas e outros equipamentos para extração clandestina de ouro, diamante e outros minérios. E a fiscalização sempre deixa a desejar, pois quando acontece, o estrago já foi feito.

Com Tudo 
* O clima é de contagem regressiva para a encenação da Paixão de Cristo em Mucajaí. O tradicional teatro a céu aberto, que é um dos maiores da Região Norte, está na sua XXXVI edição e este ano será encenado no Complexo Estevam Santos (espaço cenográfico inaugurado ano passado), que foi construído nos mesmos padrões arquitetônicos de dois mil anos atrás, proporcionando mais locomoção e realismo nas cenas interpretadas pelos artistas. A encenação será Sexta-feira Santa, dia 30.

Caetano e Sheila Brito, curtindo o Coruja Burger

Mucajaí
* A propósito, a encenação da Paixão de Cristo em Mucajaí este ano, contará com o ator da Globo, Juan Alba, no papel principal (Jesus). O espetáculo terá a participação de 250 atores e mais figurantes.
* Além do teatro a céu aberto, a sede do município de Mucajaí tradicionalmente desenvolve uma extensa programação durante toda a Semana Santa, com atividades religiosas, esportivas e de lazer.

Caracaranã
* Outro point que promete ser superconcorrido durante a Semana Santa será o Lago do Caracaranã, que está ainda mais lindo e preservado, sob a administração dos indígenas da TI Raposa Serra do Sol.
* Quem decidir passar o feriadão por aqueles lados, poderá se hospedar nos chalés e apartamentos do próprio lago ou nas pousadas da sede do município de Normandia.

Cristiano Crizpim com a esposa Nelly, que celebra idade nova neste domingo

Beneficente
*O Cept (Centro Espírita Paulo de Tarso), que se sustenta por meio das contribuições de associados, passou recentemente pela primeira grande reforma e agora busca angariar fundos para tentar pagar essa ação.
*Para isso, promove neste domingo, dia 11, das 8h às 10h, um grande café da manhã, na própria sede, localizada na rua Souza Júnior, 982, no bairro São Francisco.

Maria
*A partir das 20h deste sábado, 10, o espetáculo ‘Maria’ estará na Champanharia das Meninas.
*O show tem na sua formação 11 mulheres artistas roraimenses, que retratam as ‘Marias’ existentes em cada mulher e o cotidiano de cada uma delas na sociedade.

DJ Rodolfo Bravat será uma das atrações na balada Fabulosa, na noite deste sábado, na Ícone Club

#Rápidas
* Trocando de idade neste sábado Sara Monteiro, Maria Jaime Menezes, conselheira Cilene Lago Salomão e Dra. Odete Irene Domingues.
* Domingo quem inaugura idade nova é minha querida amiga-irmã Kathia Amélia Oliveira Wieser, Raimundinha Ladeira e José de Anchieta.
* Ainda de aniversário no fim de semana Ivo Som, Eduardo Oliveira (Normandia) e Edvaldo Santa Teresa.
*Os cantores Kiko Britez e Edilson Marques se apresentam neste sábado, na Edge Pub, a partir das 20h. O point fica na avenida Ville Roy, 7497 – São Vicente.
*A Clínica Derma está com desconto na aplicação de ácido hialurônico e botox. Confira também outros procedimentos como radiofrequência facial, peeling diamante, limpeza de pele. (3624-6446).

Perfil

Frase: “Negócio bom é aquele que atende as necessidades reais do consumidor”

Eumária dos Santos Aguiar é formada em Teologia pela Faceten e em Direito pela Faculdade Cathedral, e tem especialização em Docência em Ensino Superior, pela instituição Luiz Flavio Gomes. É servidora efetiva do Detran-RR (Departamento Estadual de Trânsito) cedida para a Assembleia Legislativa. Já foi servidora efetiva do Estado de Roraima como professora e desempenhou outras funções como assessora do Departamento de Infância e Adolescência da Secretaria de Trabalho e Bem-Estar Social, do Cartório do Juizado Especial da Infância e Adolescência do Tribunal de Justiça do Estado de Roraima. Atualmente, é diretora do Procon Assembleia, onde tem feito um trabalho de aproximação do órgão de defesa do consumidor do Poder Legislativo com fornecedores e consumidores.

*Por que na sua gestão você decidiu aproximar mais o Procon Assembleia do fornecedor e do consumidor?
A Assembleia Legislativa, nesta gestão do presidente Jalser Renier, tem o propósito de tornar o Procon mais próximo da comunidade. Então surgiu a ideia de fazer projetos que viabilizassem esta aproximação, quando foi operacionalizado com palestras aos consumidores, abrangendo todos os segmentos e idades. A partir daí, surgiu a necessidade de, inclusive, adesivar o comércio com os números do telefone e assim disponibilizar as palestras aos fornecedores também.

*Quais as maiores reclamações que chegam ao Procon Assembleia?
As reclamações mais frequentes são referentes às empresas de telefonia, seguida das instituições bancárias. Esse grande número também é em decorrência da abrangência do serviço.

*Dos atendimentos que o Procon faz na sede, qual o percentual de resolução?
Em média, resolvemos 75% em audiências de conciliação e outras nem chegam a realizar audiência, pois são resolvidas antes da audiência e um pequeno percentual é encaminhado à justiça.

*Que avaliação você faz sobre a relação entre fornecedor e consumidor?
Entendo que a Relação de Consumo no Estado Brasileiro necessita de divulgação dos direitos dos consumidores aos fornecedores, com isso evitaríamos muitos conflitos.

*Como o fornecedor e o consumidor podem requerer seus direitos?
Eu sempre digo que com a conversa se evita muitos problemas. Então, em um primeiro momento, o ideal é que as partes envolvidas tentem um acordo antes de procurar os órgãos de defesa do consumidor ou a justiça. Não havendo um entendimento, então se busca a efetivação dos direitos através do Procon ou justiça.

*Qual o perfil do consumidor roraimense?
O consumidor roraimense é bem informado dos seus direitos e, com o trabalho que o Procon Assembleia tem feito, ele está mais consciente de seus direitos, inclusive, as crianças, por meio de palestras que são realizadas nas escolas, pois elas começam também a ser multiplicadoras junto aos familiares. Assim o Procon Assembleia cumpre sua função informativa. Lembrando que o ideal não é ter os órgãos de defesa do consumidor cheios de reclamações, mas ter os direitos efetivados sem ter que lutar por eles.

*E do fornecedor?
O fornecedor – e isso foi um achado do Procon Assembleia em suas visitas para divulgar os serviços de palestras ofertados pelo Procon – tem muitas dúvidas de suas obrigações, com relação à troca, à responsabilidade do fabricante, a transações bancárias, entre outras.

*E sobre as audiências de conciliação?
Para se chegar a uma audiência de conciliação, é feita uma triagem das reclamações no setor de atendimento. Quando verificamos a veracidade do direito do consumidor, informamos ao fornecedor do que precisa ser cumprido com relação à demanda. Caso o fornecedor discorde, é feita uma notificação explicando por escrito todos os fatos e o fornecedor tem um prazo de 15 dias para apresentar defesa por escrito e neste mesmo ato marcamos uma audiência de conciliação entre as partes. Tendo sucesso homologa-se o acordo no Judiciário e, caso contrário, a demanda é enviada à justiça.

*Fornecedores e consumidores que queiram algum tipo de orientação, como proceder?
Podem se dirigir à sede do Procon Assembleia, na rua Professor Agnelo Bitencourt, 232, Centro, ou pelos telefones 95-4009-4840 ou 95-98401-9465. Temos uma equipe técnica especializada em direito do consumidor para fazer esse atendimento, com humanidade e excelência.

*Deixe uma mensagem...
Negócio bom é aquele que atende as necessidades reais do consumidor.

Shirley Rodrigues
shirleyfolha@hotmail.com
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Social
+ Ler mais artigos de Social