Por Moara Albuquerque
Em 23/04/2018

Cantinho da Leitura

como desenvolver o prazer pela leitura nesse espaço especial!
Dia 18 foi o Dia Nacional do Livro Infantil! Portanto, separamos algumas ideias de cantinhos da leitura para os pequenos leitores! E, como aqui na OpenDoor Arquitetura nosso coração bate mais forte pelos projetos comerciais, que sãonossa especialidade, separamos também algumas dicas que servem para seções infantis para livrarias ou bibliotecas escolares.
Desenvolver o prazer e o hábito pela leitura é algo que deve começar bem cedo, em casa, continuar na escola e seguir ao longo da vida. Para diversos psicólogos e pedagogos, a capacidade de ler está diretamente ligada à motivação e envolvimento, com uma grande peça-chave sendo os pais lendo para seus filhos.
Todos outros fatores que possam contribuir positivamente nesse processo estão relacionados ao prazer em ler. Relacionar a leitura com algo prazeroso ajuda a aproximar as crianças dos livros. Seja uma biblioteca com cara de mundo mágico, um cantinho da leitura bem confortável no quarto da criança, uma iluminação adequada ou uma decoração estimulante – estímulos para que a criança veja a leitura como algo gostoso e divertido.
O contato com os livros também é necessário, mesmo para os mais pequenos, com livros apropriados para cada idade. Assim, colocá-los ao alcance das crianças, na altura que elas consigam ter acesso!
Além disso, as crianças muitas vezes julgam muito o livro pela capa, principalmente as mais pequenas, e precisam de um espaço visual, seja para escolherem um livro, ou para que eles despertem o seu interesse de chegar mais perto e investigar.

Essas casinhas para livros, embora sejam lindas e divertidas, não estão ajudando a criança na escolha dos livros – ficou uma confusão visual muito grande, e o que chama mais a atenção é a casinha, não o livro em si. Na outra imagem, temos um exemplo de como funciona: os livros expostos pela capa, de maneira organizada e, levemente espaçados. Uma dica: vale à pena colocar um suporte frontal nas prateleiras, para que os livros não “escorreguem”.
As crianças precisam de atrativos para se interessarem em ler por muito tempo. Que tal caprichar na decoração? Adesivos decorativos, papel de parede divertido, poltrona estampada e macia já dão uma nova cara ao espaço. Vale à pena investir!

Seção infantil da Livraria Saraiva, em São Paulo, com cores e formas que remetem ao mundo da fantasia da infância.

Biblioteca infantil, My Tree House. Um incrível espaço que incentiva as crianças a explorar e descobrir o mundo dos livros. É a primeira biblioteca verde do mundo – é ecologicamente correta, incorporando design ecológico e livros sustentáveis.

 

Como para a criança a leitura deve estar associada ao prazer, ao fazer um cantinho da leitura na casa ou no quarto do seu pequeno, evite dar aquele “ar de estudos”. A criança está descobrindo o mundo da leitura, está pegando o livro para curtir, para imaginar outros mundos, para deleitar-se nas histórias, e não para estudar.
O local deve ser agradável e silencioso, com iluminação natural ou uma luminária com luz direta. Mesinha e cadeira também entram em cena, mas para maior conforto pufes, poltronas fofinhas, almofadas e tapetes são uma ótima pedida!

 

 

 

 

 

Moara Albuquerque
contato@opendoor.arq.br
Moara Albuquerque é arquiteta da OpenDoor Arquitetura, uma empresa voltada para a criação de projetos comerciais e clínicos.
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!