Por Moara Albuquerque
Em 31/07/2017

Olá, Leitor! Aqui, na Decore+BV, você vai encontrar dicas e soluções de arquitetura, decoração e design que você possa aplicar no seu dia-a-dia, fornecidas pela arquiteta Moara Albuquerque.
Aproveite!

Somos a OpenDoor Arquitetura, uma empresa voltada para criação de projetos comerciais e clínicos, criada com o intuito de promover a marca de nossos clientes com inovação e qualidade.


ADULTOS DE FORA: Quarto Montessoriano – pensado e projetado para crianças.

O quarto montessoriano é pensado para a criança explorar livremente. É um espaço voltado para o seu desenvolvimento, com elementos que estimulam a sua aprendizagem.

Os quartos montessorianos são decorações para crianças muito populares, porque se baseiam não apenas em uma moda ou tendência, mas sim num método educativo. A pedagoga Maria Montessori criou este método por volta de 1907, um método que prioriza a autoeducação. Isso significa que o ambiente deve estimular o desenvolvimento da criança e fazer com que ela se sinta à vontade para explorar o espaço, que isso a fará aprender.
Um dos pilares do método montessoriano é o Ambiente Preparado: é um ambiente que converse com a criança, que seja do seu tamanho, simples, minimalista e que contenha objetos interessantes e importantes para seu crescimento.
Se você se identifica com esses princípios, dê uma olhada nas dicas abaixo e comece a decorar o quarto do seu pequeno. Separamos também algumas fotos para você se inspirar e soltar a criatividade!

Colchões no chão:

Algo que assusta muitos pais é a ausência do berço. O método montessoriano vê o berço como uma barreira para o aprendizado do bebê, que fica confinado e oprimido entre as grades. Colchões no chão dão a possibilidade de a criança deitar e levantar quando quiser e, assim, poder usufruir melhor do seu próprio quarto sem precisar depender de um adulto. Dica: coloque um tapete ou E.V.A. por baixo do colchão, para proteger da friagem do chão e evitar que o colchão deslize quando a criança subir ou descer.

Tudo à mão:

As crianças devem poder pegar à vontade os seus brinquedos, livros, lápis de cor etc. Eles devem estar, portanto, numa altura que os pequenos alcancem. Além disso, os especialistas indicam expor apenas alguns brinquedos, para que a criança consiga se concentrar em cada um, e para não gerar monotonia, trocar os brinquedos das prateleiras a cada 15 dias.

Organização:

A ideia é a criança começar a desenvolver a sua autonomia e seu senso de organização. Então, assim como os brinquedos, o armário de roupas deve estar na altura da criança e com poucas opções de peças para que ela possa escolher com facilidade.


Espelho, espelho meu:

O espelho é um elemento de reconhecimento – a criança olha para si e começa a se descobrir como indivíduo. Pode-se usar uma placa de MDF ou madeira para evitar que, caso quebre, os pedaços se soltem. Há também outras opções seguras, como o acrílico espelhado ou uma folha espelhada autoadesiva.


Ofereça estímulos:

O ambiente deve estimular e ajudar a criança a desenvolver habilidades. Um exemplo é a barra – o objetivo é oferecer apoio para a criança e auxiliá-la no processo de começar a andar.

Texturas e padronagens:

Como foi dito anteriormente, o espaço deve estimular a criança – e isso inclui o lado sensorial. Um tapete, por exemplo, proporciona uma experiência sensorial para os bebês, e vira o espaço de brincadeiras para os mais crescidos.

Uma cabana divertida:

Toda criança adora um cantinho ou uma casinha para brincar. A cabana fornece isso. Ela cria um espaço próprio – aquele mundo paralelo que a criança cria na sua mente e dá asas à imaginação.


Decoração minimalista:

A decoração não deve ter muita coisa, apenas o essencial, estimulando a concentração e criando ao mesmo tempo um clima acolhedor e tranquilo. Assim, dê preferência para uma decoração mais minimalista. Quer pendurar acessórios e quadros na parede? Não tem problema, contanto que eles estejam à altura do olhar do seu filho!

Gostaram das dicas? 

Mande seus comentários e suas dúvidas para o e-mail contato@opendoor.arq.br, com o título DECORE+BV. A sua dúvida ou sugestão pode ser o tema do próximo artigo da nossa coluna!Abraços e até a próxima semana!

Moara Albuquerque
contato@opendoor.arq.br
Moara Albuquerque é arquiteta da OpenDoor Arquitetura, uma empresa voltada para a criação de projetos comerciais e clínicos.
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!