Por Layelli Chahine
Em 04/04/2016

Adorado por quem quer perder alguns quilinhos e se manter saudável, o chá verde está perdendo espaço para um novo tipo de chá, o matcha. Ele é o novo queridinho do mundo fitness. Assim como o chá verde, o ban-chá, o oolong, o chá vermelho ou o branco, o matchá é extraído da camellia sinensis. “O que difere os diferentes tipos de chás extraídos dessa mesma planta são elementos como a fermentação e maturação das folhas”, Explica a nutricionista Talita Nascimento.

O CHÁ MATCHA tem origem nos templos budistas do Japão e ele realmente é diferente das outras ervas por suas peculiaridade pois ele é elaborado com as folhas mais novas e tenras do chá verde, vindas de plantações protegidas do sol. Depois de colhidas, as folhas são trituradas muito lentamente em um moinho de pedra, até que sejam reduzidas a pó. O matcha é um pó verde que pode ser utilizado principalmente para o tradicional chá, ou como ingrediente de sucos, vitaminas e até mesmo em receitas de bolos integrais. De acordo com os nutricionistas o consumo recomendado é de 15 a 20 gramas de matcha por dia. O seu consumo é indicado (em jejum) meia hora antes de qualquer refeição.

CUIDADOS

Talita recomenda o uso de até dois copos de chá por dia ou meia colher de matcha em outras refeições. É preciso cuidado, já que o seu uso em excesso pode prejudicar o sono. Também é desaconselhável consumi-lo à noite.
Já para aqueles que usam algum tipo de suplementação para corrigir a deficiência de minerais no organismo, ou hipertensos, devem evitar o consumo do pó de matcha.

Além da ação detox, devido aos seus antioxidantes, o matcha traz muitos outros benefícios ao organismo:

·Combate a fadiga, permitindo manter um estado agradável estado de vitalidade de 6 a 8 horas;
·Acelera o metabolismo, razão pela qual é um grande depurativo natural;
·Melhora muito a concentração e reduz o estresse;
·Combate os radicais livres, prevenindo o envelhecimento precoce graças à sua excepcional concentração de polifenóis antioxidantes;
·Seu consumo habitual baixa a tensão arterial e o colesterol, prevenindo os riscos de doenças cardiovasculares;
·Contribui para reduzir os riscos de câncer de mama, incômodos pré-menstruais e ajuda
a reduzir a celulite.

DICA DA ESPECIALISTA - Talita Nascimento (Nutricionista)

“O matchá é mais concentrado que os outros, por isso os resultados são percebidos mais rapidamente. Além de acelerar o metabolismo ele é um ótimo antioxidante, melhora a concentração e diminui a ansiedade (muitas vezes atrelada a compulsão alimentar) pois é composto de uma substância chamada L-Teanina que modula o neurotransmissor gaba, principal inibidor de nosso sistema nervoso”

Layelli Chahine
fale@folhabv.com.br
http://meusite.com.br
Aqui ficará as informações sobre o colunista e a coluna.
Comentários
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!