Por José Maria Neto
Em 06/10/2017

Como encarar Videoaulas

Bom dia, amigos concurseiros.

Nos dias atuais, a escassez do tempo e a dinâmica dos estudos têm popularizado cada vez mais o método de estudo da videoaula. Para garantir que você possa extrair o máximo de proveito das videoaulas, apresentarei as dicas de Renato Alves, recordista brasileiro de memorização e autor do livro "Faça Seu Cérebro Trabalhar Por Você". Este especialista indica como estudar a distância utilizando-se desse método e ajuda na conquista do conhecimento, confiram:

1 – Evite interrupções para não perder o foco

Geralmente a videoaula é assistida pelo computador ou outro dispositivo móvel, o que permite distrações. Rede social aberta, sites de notícias e Skype podem ser os personagens centrais da perda de foco. Ruídos no ambiente como a televisão ligada ou o celular que toca a todo o momento completam o quadro propício para o desvio inevitável da atenção.

Por mais multitarefa que você se considere, o seu poder de retenção vai ser prejudicado certamente, caso não atente a estes aspectos. Alves indica que o aluno escolha um horário e um local livre de interrupções. “Ambientes interno e externo livres de estímulos proporcionam maior rendimento”, explica.

Para os viciados em redes sociais ou outros sites, que não resistem a uma “espiadinha” no feed de notícias do Facebook, por exemplo, Alves indica aplicativos como o Self Control, que bloqueiam acessos a sites que a pessoa escolher pelo tempo que ela determinar.

2 – Deu sono? Levante-se

Alves diz que uma estratégia para barrar a sonolência que insiste em aparecer quando você aperta o “play” é levantar-se. “Muitas vezes o tema é sério, o professor não é engraçado e isso pode dar sono mesmo. A regra é assistir de pé”, diz.

Ele explica que ao levantar-se, o cerebelo, parte do encéfalo responsável pelo equilíbrio, “corta” o sono. “Já fiz experiências e quando tenho sono, fico de pé que passa”, conta.

3 – Na dúvida, pause e volte

A dica é para as aulas que são gravadas. “Esta é a grande vantagem do ensino a distância, é sempre possível pausar, voltar o vídeo”, diz Alves. Ficou com dúvida, pare, assista novamente, pesquise, e no caso de a dúvida persistir, anote e entre em contato com o professor, assim que possível.

4 – Faça anotações e tente “explicar o conteúdo a si mesmo”

A cada pausa, Alves sugere que seja feita a “confirmação” do conteúdo apreendido para estimular a memória. “É que quando assistimos uma aula, trabalhamos com memória operacional, são estímulos elétricos no cérebro que rapidamente serão esquecidos”, diz.

Fazer anotações ou tentar explicar o tema abordado na videoaula a si mesmo são maneiras de estimular o córtex cerebral a formar novas sinapses, segundo o especialista em memorização. Assim, você ajuda o seu cérebro a “processar” e reter as informações.

5 – Revise o conteúdo imediatamente após o término da aula

Assim que terminar de assistir à videoaula, faça uma revisão do conteúdo que você aprendeu. “Isso é muito importante e deve ser feito imediatamente após a aula”, diz Alves. Para guardar o conteúdo de vez, ele também sugere uma nova revisão após 24 horas. Fonte: Exame.

 MAPA MENTAL 

Legenda: A organização do Poder Judiciário é pergunta clássica em concursos do Poder Judiciário e está prevista no art. 92 da Constituição Federal. Se você pretende fazer o concurso do TRF, não tenha duvidas que este Mapa deve estar na sua cabeça no dia da prova.

 REGISTRO 

Prof. Guilherme Peres e muitos alunos em dia de aula de Direito Penal!

FIQUE LIGADO

– POLÍCIA MILITAR DE RORAIMA
O Coronel da Polícia Militar de Roraima anunciou que o próximo concurso da PMRR será realizado em breve e visa preencher 400 vagas, não 300 como anunciado anteriormente. O Estado de Roraima está promovendo a contratação, neste momento, da empresa que irá promover o certamente. Muito provavelmente a banca será a UERR.

– DEFENSORIA PÚBLICA DO AMAZONAS
O Chefe da Defensoria Pública do Estado do Amazonas anunciou a contratação da Fundação Getúlio Vargas para promover o novo concurso daquela instituição. De acordo com a nota divulgada, o concurso visa preencher vagas de nível médio e superior para os cargos de técnico e analista. Esta será o primeiro concurso para estes cargos que será realizado pela DPE/AM.

– DELEGADO DA POLÍCIA FEDERAL
Atenção concurseiros!!! O concurso da Polícia Federal andou nos ministérios e em breve teremos mais novidades. A corporação pretende preencher nada menos do que 1.758 postos, sendo 600 para o cargo de escrivão, 600 para agente, 491 para delegado e 67 para perito.

 HUMO

José Maria Neto
jornalista@teste.com.br
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Folha Cursos & Concursos
+ Ler mais artigos de Folha Cursos & Concursos