Por José Maria Neto
Em 29/06/2018

Concurso TJ – como ser aprovado num Tribunal de Justiça!

A área jurídica apresenta um leque muito importante dos concursos públicos em todo o Brasil, tanto pela quantidade de vagas disponibilizadas anualmente nas diversas instâncias (federal e estadual) quanto pela qualidade dos cargos, com salários e condições de trabalho bem interessantes – sem falar no status garantido a esses servidores.

Com a provável proximidade da realização do certame do TJ RR vários concurseiros vem mandando comentários em minhas redes sociais e e-mails pedindo dicas e orientações para estudar com mais qualidade para concurso do TJ/RR. Pensando nisso, resolvi criar este artigo para informar o que normalmente é preciso estudar.

Fiz um levantamento aprofundado dos conteúdos que mais caem em concursos dos tribunais de justiça em todo o Brasil, nos cargos de analista e técnico judiciário. As disciplinas que caem em 90% dos concursos TJ são as seguintes:

• Língua Portuguesa
• Informática
• Raciocínio Lógico
• Direito Constitucional
• Direito Administrativo
• Direito Penal
• Direito Processual Penal
• Direito Civil
• Direito Processual Civil
• Legislação Estadual
• Regimento Interno (RESOLUÇÃO N.º 30, DE 22 DE JUNHO DE 2016)
• Direito da Pessoa com Deficiência (obrigatório a cobrança - Resolução 230/2016 –CNJ)

Como dar conta de todo esse conteúdo? Vamos ao próximo tópico com dicas especiais para sua aprovação em um Concurso TJ.

A informação que lhe entreguei acima é importantíssima para você se tornar um habilidoso concurseiro de tribunais de justiça. Se eu fosse você, focaria com força nas disciplinas comuns à maioria dos tribunais, principalmente civil, processo civil, Regimento Interno e Direito da Pessoa com Deficiência, que são as matérias menos exploradas na preparação cotidiana.

Quando estiver afiado nessas disciplinas que são as principais, a dica é passar a criar diferenciais nos demais conteúdos.

Além disso, não se esqueça de resolver questões de concursos anteriores, para pegar o “espírito” da prova que você irá realizar.

O candidato deve organizar conforme sua carga horária e seu conhecimento prévio/familiaridade com as disciplinas.

Para ilustrar um ciclo de estudo eficiente para o TJRR, montei um cronograma com 4 horas diárias de segunda a sexta, sábado e domingo livre até publicação do edital. O principal ponto que destaco é o foco maior em 3 matérias – Língua Portuguesa; Noções de Direito e Legislação. Além disso, ressalto que a disciplina de Língua Portuguesa deve ser acompanhada por uma grande leva de questões.

Procure um curso adequado e inicie já sua preparação, maiores informações de como estudar ou montar o seu plano de estudos procure a ajuda do Meta Coaching, como visto acima tenho experiência e resultados suficientes para ajudar você ser servidor do TJ/RR.

Por Sílvio Fernando Brasil, Professor aprovado em 1º Lugar, para o Cargo de Técnico TJ/RO – CESPE e em 2º Lugar, para o cargo de Analista Oficial de Justiça Avaliador TJ/RO – FGV.


FIQUE LIGADO

► MINISTÉRIO PÚLICO DA UNIÃO
O Ministério Público da União (MPU) já iniciou os preparativos para a definição da banca organizadora do seu próximo concurso público. A expectativa do secretário-geral do órgão, Alexandre Camanho, é de que o edital de abertura de inscrições possa ser divulgado até outubro, conforme declarou, em abril, durante reunião com o Sindicato Nacional dos Servidores do Ministério Público da União (SindMPU). Ele já havia antecipado que a seleção contará com oportunidades para ingresso de analistas, técnicos administrativos e técnicos de segurança, além de formar cadastro reserva de pessoal. O órgão divulgou, em agosto de 2017, a portaria 84, que fixa as atribuições e requisitos para ingresso nas carreiras de analistas e técnicos, que serão oferecidas no certame.

► AGU
Está confirmado: um novo concurso da AGU (Advocacia-Geral da União) será aberto ainda em 2018. A autorização para o preenchimento de 100 vagas no órgão foi divulgado na quinta-feira, (14), no Diário Oficial da União.
O aval é para os cargos de administrador (48 vagas), analista técnico administrativo (10), arquivista (2), bibliotecário (1), contador (1), técnico em assuntos educacionais (2) e técnico em comunicação social (5).
Para todos estes cargos é necessário possuir formação de nível superior para o ingresso, com remuneração inicial de R$ 6.200, considerando vencimentos básicos e gratificações.

► DIPLOMATA
O Ministério das Relações Exteriores (MRE) publicou o edital do concurso para a carreira de diplomata no Instituto Rio Branco. São ofertadas 26 vagas, sendo cinco reservadas a negros e duas a pessoas com deficiência.
Podem participar da seleção profissionais com diploma de curso superior (em qualquer área) emitido por instituição de ensino credenciada pelo Ministério da Educação (MEC).
Com salário inicial de R$ 18.059,83, o cargo de diplomata tem como principais atribuições atividades de representação, negociação, informação e proteção de interesses brasileiros no campo internacional



Profs Neto e Willer em mais uma edição da Maratona dos Desesperados que ocorreu no Palácio da Cultura.


#TESTE SEUS CONHECIMENTOS
Assinale a opção correta em relação à ajuda de custo:
a) É vedada a concessão de ajuda de custo àquele que, não sendo servidor do Estado de Roraima, for nomeado para cargo em comissão, com mudança de domicílio.
b) O servidor ficará obrigado a restituir a ajuda de custo quando, injustificadamente, não se apresentar na nova sede no prazo de quinze dias.
c) A ajuda de custo destina-se a compensar as despesas de instalação do servidor que, no interesse do serviço, passar a ter exercício em nova sede, com mudança de domicílio em caráter eventual.
d) O duplo pagamento de indenização será autorizado no caso de o servidor passar a ter exercício na mesma sede de seu cônjuge ou companheiro, também servidor, anteriormente agraciado com o benefício.
e) Não cabe ajuda de custo ao servidor que se afastar do cargo, ou reassumi-lo, em virtude de mandato eletivo.

Resposta: Letra E

José Maria Neto
jornalista@teste.com.br
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!