Por Francisco Cândido
Em 02/05/2018

CHICO DOIDO
“Doido pra trabalhar”

Francisco de Souza Cruz nasceu em Teresina, Piauí, em 1966. Era filho do casal Manoel da Cruz e Damiana Francisca de Souza. Eles tiveram 22 (vinte e dois) filhos.

O ainda adolescente Francisco de Souza Cruz trabalhou com a família até a idade de 14 anos, quando sentiu a necessidade de crescer profissionalmente e resolveu viajar para Rondônia, onde morava o seu irmão mais velho Lucimar Francisco de Souza Cruz.

Em Rondônia, o Francisco de Souza Cruz (Chico) começou a participar de Movimentos Populares, objetivando o assentamento das famílias sem-terra. Naquela época, ele trabalhava como assessor (cabo eleitoral) da então deputada federal Raquel Cândido.

Passados sete anos nesta militância política, o Chico passou a estudar na capital Porto Velho, cursando Radiologia, no Hospital Ari Pinheiro.

Em 1984 ele veio para Boa Vista, pois soube que haveria melhor emprego e melhores condições de vida e trabalho, empregando-se, inicialmente, no Hospital das Clínicas (hoje extinto) de propriedade do médico César Augusto de Souza Dias (ex-vereador e senador).

Em 1985 Francisco de Souza Cruz ingressou no Quadro de servidores da Prefeitura Municipal de Boa Vista, exercendo a função de Técnico em Radiologia, no Hospital Coronel Mota. E, após a transformação do Território em Estado de Roraima, ele, por ser funcionário do antigo Território, passou a condição de servidor federal.

Em 1986 ele criou a primeira Associação de Moradores do Bairro Asa Branca, instalada à época, na Avenida São Sebastião – esquina com a Rua Mestre Albano. E, a partir daí, começou a incentivar a população carente a ocupar lotes de terras, haja vista que havia muita terra e muita gente sem moradia. Foi, ai, devido esta militância em prol do povo, que ele recebeu o apelido que tem até hoje: “Chico Doido”. Mas, como ele mesmo dizia: “Sou doido para trabalhar”.

Chico Doido em 1992 candidatou-se a primeira vez ao cargo de Vereador, pelo PMDB. Foi eleito, mas este Partido, à época, foi cassado, devido a agremiação PMDB não estava regular perante o Tribunal Regional Eleitoral. Houve, então, intervenção no PMDB, e Chico Doido não assumiu como vereador, mesmo tendo sido eleito. E, se viu obrigado a ceder a vaga para outro.

Em 1994, por ocasião das eleições para deputado estadual, Chico Doido concorreu pelo PP- Partido Progressista, e ganhou, tomando posse no dia 1º janeiro de 1995, com término de mandato em 31/12/1998.

Nesta época, Chico Doido passou a incentivar mais ainda a população carente a tomar posse de lotes desabitados, para posterior construção da casa própria da população carente.

De tanto chamá-lo de “Chico Doido”, que o apresentador JÔ SOARES, da Rede Globo, o convidou, em 1997, para seu programa, fazendo sucesso nesta entrevista. Jô Soares apelidou o Chico Doido de “Robin Hood” dos Lavrados de Roraima.

No ano de 2000, Chico Doido candidatou-se novamente ao cargo de Deputado Estadual, pelo PTB, mas não ficou no cargo, sendo preterido por outra pessoa, devido a problemas seus de ordem judicial. E, em 2006, repetiu e ficou na suplência de deputado estadual, pelo partido.

Em 2008, Chico Doido candidatou-se, pelo DEM- Partido Democrata-, ao cargo de vereador, sendo o mais votado, com 3.360 votos.

Em 16/02/2009, na Câmara Municipal de Boa Vista, ele ingressou com um Requerimento à Mesa Diretora, arguindo o Art. 123 do Regimento Interno daquela Casa Legislativa, para que, a partir daquela data, todo e qualquer documento emitido ou recebido por ele, tivesse a chancela com o nome de: “Vereador Chico Doido”, inclusive que no plenário se dirigisse a ele por este nome. E, justificou: “O presente Requerimento é reflexo do meu trabalho social e político junto à população que me conhece como Chico Doido, mesmo sabendo que é apenas um apelido e não condiz com a realidade, até porque este apelido foi posto devido minha audácia de ações nos movimentos sociais, na defesa dos interesses das camadas mais carentes de nossa cidade”. O Requerimento foi aprovado por unanimidade dos vereadores presentes à Sessão.

No dia 11/08/2009, a Câmara Municipal, por iniciativa do vereador, à época, Joziel Vanderley da Silva, concedeu ao Chico Doido o Título de “Cidadão Boa-Vistense” - pelos relevantes serviços prestados à população carente do município. E, era verdade. O Chico ajudou muita gente, desde o apoio financeiro, distribuição de alimentos, remédios e moradias.

O vereador Chico Doido, independente das circunstâncias judiciais pelas quais passou, merece nosso respeito, enquanto cidadão, vereador, deputado estadual e servidor público federal. Por último, exercia a função de técnico em radiologia, no Hospital Geral de Roraima.
Chico Doido, em 9 uniões conjugais, teve um total de 15 filhos em Boa Vista (e, registrou em seu nome, todos eles).

No dia 1º de Maio de 2013, o Chico Doido faleceu em um acidente de carro, na região da Sumaúma, no município de Alto Alegre. Ele morreu no Dia do Trabalhador – 1º de Maio. Como ele dizia sempre: “Sou doido pra trabalhar”. E, trabalhou, de verdade.

Francisco Cândido
franciscocandido992@gmail.com
sergiopereira disse: Em 03/05/2018 às 08:24:35

"Ilustre jornalista Francisco Cândido, se não me falha a memória (tico e teco) as eleições para Dep. estadual em RR aconteceram na seguinte cronologia: 1990,1994,1998,2002,2006,2010,2014, então o ANO de 2000 as eleições foram para PREFEITO E VEREADOR respectivamente, me corrija se eu estiver errado, grato"