Por Francisco Cândido
Em 19/04/2017

PERSONAGENS DA NOSSA HISTÓRIA
AUGUSTO CÉSAR LUITGARDS MOURA & ROCILDA MOURA


Augusto César Luitgards Moura, mais conhecido como CÉSAR MOURA, nasceu em Boa Vista no dia 22/02/. Era filho do casal Antônio Luitgards Moura (cearense da cidade de Mecejana) e Judith Sampaio de Moura. Augusto César teve como irmãos:, Clarice, Celita, Alpha, Lourenço, Enéas e Carmem (Maria do Carmo Moura Refkalefsky).

César Moura começou a trabalhar no comércio do seu pai, a “Sorveteria Moura” (onde hoje funciona a Lanchonete Aracati, na esquina da Avenida Jaime Brasil com a Rua Bento Brasil) e em 1955, casou-se com a senhora Rocilda de Souza Silva Moura, com quem teve nove filhos: 9 (nove) filhos: Augusto César Luitgards Moura Filho; Judith Moura; Janete Silva Moura; José Francisco Luitgards Moura; Juracy Silva Moura; Maisa Silva Moura; Maria do Perpétuo Socorro Silva Moura; Antônio Luitgards Moura e Márcia Silva Moura.

O casal César Moura e Rocilda Moura foi o precursor do ramo de sapataria e roupas infantis em Boa Vista, quando fundou as Lojas: “Roraima Calçados” e “Baby House”, ambas localizadas na Avenida Jaime Brasil.

César Augusto foi membro da Loja Maçônica Liberdade e Progresso nº 1 (situada à Rua Coronel Pinto, 396, Centro), também pertenceu ao Rotary e foi um dos fundadores do Iate Clube e do time de futebol Atlético Roraima Clube. Ele faleceu no dia 07 de agosto de 2004. Em sua homenagem a Câmara Municipal de Boa Vista aprovou um Projeto redenominando a antiga Rua T-04, no Bairro Paraviana, como Rua Augusto César Luitgards Moura. O Projeto foi sancionado pela Prefeitura como Lei nº 751, de 15/10/2004, publicada no Diário Oficial do Município de Boa Vista- nº 1346, de 25/10/2004.

A sua esposa Rocilda de Souza Silva Moura, mais conhecida como ROCILDA MOURA (irmã do senhor Ramiro Francisco da Silva), era filha dos comerciantes pioneiros José Francisco da Silva (o “Barrudada”) e Josefa de Souza e Silva (dona Vidinha). A senhora Rocilda nasceu no dia 30/01/1932, no Município de Farias Brito, interior do Ceará, e veio para Boa Vista em 1950, quando tinha 18 anos de idade. Casou-se em 1955 com Augusto Cesar Luitgards Moura e ambos dedicaram-se à família, ao comércio e, com muito trabalho contribuíram para o desenvolvimento socioeconômico de Boa Vista. Seus descendentes em Boa Vista dão continuidade à história.

A senhora Rocilda Moura faleceu no dia 06/01/2016 e, em sua homenagem a Câmara Municipal de Boa Vista, através do vereador Renato Queiroz/PSB, aprovou um Projeto redenominando a antiga Rua Cupiuba, no Bairro Paraviana, para Rua Rocilda Moura.

O projeto foi sancionado pela Prefeita Teresa Surita como Lei nº 1766, de 27 de marco de 2017, e publicada no Diário Oficial do Município nº 4384, de 12 de abril de 2017.

Rocilda Moura e Cesár Moura

________________________

Rocilda com o marido e filhos

________________________

Rocilda com Marivado Bassal

________________________

José Francisco Luitgards Moura

________________________

Juracy Moura e o Filho

________________________

Ramiro Francisco e Rocilda com Eliane

________________________

Ramiro Francisco com Rocilda e família

Francisco Cândido
franciscocandido992@gmail.com
Taiã Peixoto disse: Em 19/04/2017 às 19:21:52

"Francisco Cândido meu caro. Se não fosse por você dificilmente conheceríamos a história de nosso município e do nosso estado. Quando puder, peço que faça um levantamento do Júlia Barbosa de Melo que deu origem a Escola Municipal Vovó Júlia, Escola esta em que cursei o pré-escolar nos anos de 92 a 93, antes de ir para o Diva Lima. "

Cândido disse: Em 20/04/2017 às 12:33:50

"Bom dia, Taiã. Agradeço suas palavras de incentivo ao meu trabalho sobre a História dos personagens que edificaram o Estado de Roraima e de seus descendentes que continuam esta História. Quanto à Vovó Júlia (dona Julinha, Júlia de Melo - casada com o senhor João Pereira de Melo) eu já escrevi e publiquei a história deste casal (com bastante Fotos e texto, na página Minha Rua Fala, aqui mesmo no Jornal Folha de Boa Vista. Agradeço-lhe mais uma vez por gostar do meu trabalho."