Por Francisco Cândido
Em 21/12/2016

RUA NILO BRANDÃO
- Bairro Calungá -

O nome de uma rua é muito importante, pois é através dele que as pessoas podem identificar os imóveis residenciais, comerciais e outros locais de interesse público. O nome da Rua faz parte do chamado “Endereço”, que ainda tem como itens que o compõe: o CEP, o Número do imóvel, o Bairro e a Cidade. A oficialização do nome de uma Rua é feita inicialmente através de um Projeto de Lei da Câmara Municipal, votado e aprovado em Plenário e, depois, é transformado em Lei pela Prefeitura que a publica no Diário Oficial.

É o caso da Rua Nilo Brandão, no Bairro Calungá.

Nilo Duarte Brandão foi comerciante em Boa Vista. Nasceu no dia 26/10/1931 na cidade de Colinas, no Maranhão, e era casado com Alice Macedo Brandão. O casal teve sete filhos, hoje apenas dois estão vivos: Sebastião Brandão e Socorro Brandão Araújo.

Nilo Duarte Brandão veio do Maranhão para Boa Vista em 1946. No início foi trabalhar com seu irmão José Duarte Brandão. Tempos depois foi tentar a sorte no garimpo do rio Maú, mas não conseguiu o suficiente que necessitavae retornou à Boa Vista.

Nilo Brandão seguiu para Manaus onde passou a alugar barcos e, com eles, fazia o transporte de pessoas e mercadorias no trajeto: Boa Vista/Manaus/Santarém/Boa Vista.

Em 1950 o Nilo Brandão instalou um comércio na entrada do Bairro da Olaria (hoje chamado de “Beiral”). Esta casa comercial, em frente da Padaria, mesmo hoje de outro dono, continua no mesmo lugar. Era uma Loja sortida com produtos variados de utilidades domésticas e de gêneros alimentícios. A casa comercial tinha o nome de: “Socorro”, uma homenagem à sua filha (Socorro Brandão Araújo) e a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

Ele era um devoto de Nossa Senhora e foi um emérito colaborador na primeira reforma da Igreja Matriz e na construção da Igreja Catedral de Boa Vista (no Centro Cívico).

Nilo Brandão era um participante ativo da política, mas nunca aceitou nenhum cargo público. O que ele gostava mesmo era de comércio, inclusive foi eleito Presidente da Junta Comercial e da Associação Comercial do Território Federal de Roraima.

Nilo Brandão faleceu no dia 18 de Agosto de 1986. A Prefeitura, reconhecendo seus méritos, o homenageou pondo o seu nome numa rua no Bairro Calungá: a “Rua Nilo Brandão”. E, a Assembleia Legislativa o reconheceu como: “Orgulho de Roraima”. Sua filha Socorro Brandão Araujo, recebeu o Certificado em nome da família em solenidade no Plenário da Assembleia Legislativa em 2010.

A filha Socorro Brandão (Maria do Perpétuo Socorro Brandão Araújo) nasceu no dia 18/12/1936 e, em Boa Vista,foi uma excelente costureira e especialista em fazer vestidos para noivas. Casou-se em 1960 com o senhorFrancisco de Assis Quezado Araújo que à época era Alfaiate. Tempos depois o casal instalou um comércio de variedades em geral, com o nome de “Nova Estrela”, na Avenida capitão Júlio Bezerra, onde hoje é o consultório médico do seu filho, o ortopedista Nilo Brandão Neto.

No dia 18 de dezembro deste ano de 2016, a senhora Socorro Brandão completou 80 anos de idade, comemorados numa missa de ação de graças na Igreja Matriz de Boa Vista.

Ela disse sentir-se realizada ao contemplar os filhos: Geilza (Psicóloga), Angélica Araújo (Funcionária Pública); Hilton (Engenheiro Civil), Humberto (Comerciante/fazendeiro); e o Médico Ortopedista Dr. Nilo Brandão Neto.A família continua crescendo com os netos e netas: Clara e Mirela (filhas da Geilza); Rossiane, Luciane, e Marcela (+) (filhas da Angélica Araujo); Marian, Enzo, e Lourenzo (filhos do Hilton); Humberto Junior (filho do Humberto); e Mariana (filha do Dr. Nilo Brandão Neto).

Francisco Cândido
franciscocandido992@gmail.com
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Minha Rua Fala
+ Ler mais artigos de Minha Rua Fala