Por Parabólica
Em 12/07/2017

Bom dia,

EM CHAMAS
“Aqui a floresta está em chamas”. Foi assim que o deputado federal Remídio Monai (PR) sintetizou a situação em Brasília, especialmente na Câmara dos Deputados, para a Parabólica. O parlamentar roraimense procurava descrever o cenário sob o qual se desenvolvem as idas e vindas dos deputados federais ocupados nestes momentos de discussão na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), sobre o pedido de licença do Supremo Tribunal Federal (STF) para processar criminalmente o presidente da República, Michel Temer (PMDB).

DIFICILMENTE
O deputado federal Remídio Monai diz que dificilmente o Plenário da Câmara dos Deputados terá condições de votar o pedido do Supremo Tribunal Federal no começo da próxima semana, como quer o Palácio do Planalto. Tudo vai depender ainda da votação no Plenário da Comissão de Constituição e Justiça, cuja discussão do relatório do deputado Sérgio Zveiter (PMDB-RJ), que pede a aceitação do pedido da Suprema Corte, começa hoje à tarde. Segundo estimativa de especialistas em votação no Congresso Nacional, as discussões sobre o relatório de Zveiter podem durar mais de 40 horas.

PARCERIAS
Ontem a prefeita de Boa Vista, Teresa Surita (PMDB), recebeu, no Palácio 9 de Julho, as visitas dos prefeitos de Pacaraima e São João da Baliza. O principal item da conversa entre a prefeita da Capital e os dois alcaides interioranos foi o acerto de uma parceria que resultou na assinatura de um Termo de Cooperação pela qual a Prefeitura de Boa Vista doa, às duas prefeituras interioranas, luminárias que foram substituídas por outras mais modernas na Capital. Durante o encontro também foi discutida a possibilidade de ampliação da parceria envolvendo outros setores das administrações municipais.

CANDIDATA
Fontes da Parabólica informam que idêntica parceria, entre a Prefeitura de Boa Vista e duas prefeituras do interior (Alto Alegre e Rorainópolis), já foram também firmadas pela prefeita Teresa Surita e os dois alcaides interioranos. Na bolsa de apostas, segundo um observador da cena política roraimense, esse movimento de aproximação entre a prefeita Teresa Surita e seus colegas do interior é um claro sinal de que ela é candidatíssima a disputar o Governo do Estado em 2018. E diante da inércia política do governo estadual, tudo indica que contará com o apoio da maioria dos prefeitos e prefeitas dos municípios interioranos do Estado.

GRANA
E por falar na prefeita Teresa Surita, tudo indica que ela terá cofre cheio para trabalhar em Boa vista logo após terminar a estação chuvosa. No momento em que eclodem reclamações de todos os lados de repartições federais, que dizem ter de reduzir atividades por conta de cortes no orçamento da União, o Ministério da Defesa, através do Calha Norte, liberou em maio último a bagatela de R$ 12 milhões para obras de infraestrutura na Capital roraimense. Tais recursos foram liberados diretamente para o gabinete da prefeita, e não se trata de emendas de parlamentares, e sim de Transferências Voluntárias do Orçamento Geral da União.

PACOTE
E nesses dias tumultuados em Brasília, o presidente Michel Temer e seus assessores parecem ter preparado um pacote de bondades para agradar parlamentares federais em cada Estado. Esse parece ser o caso da sanção feita pelo presidente à Medida Provisória 765/16, que agora virou a Lei Nº13. 464/17, que concede reajustamento salarial a diversos cargos federais e altera a remuneração de servidores dos ex-Territórios Federais, entre os quais o grupo de Tributação, Arrecadação e Fiscalização e dos ex-policiais civis. A informação da sanção presidencial foi repassada à Parabólica pela deputada federal Maria Helena Veronesi (PSB).

CIDADÃ
A Câmara de Vereadores de Boa Vista realizou Sessão Solene, ontem, para entregar o Título de Cidadã Boa-Vistense à advogada Christina Thereza do Nascimento Campello, carioca de nascimento e que atualmente mora em Boa Vista. Pessoa de amplo relacionamento social em Boa Vista, a homenageada é mãe do desembargador Mauro Campello e tem relacionamento com nossa Capital faz mais de 30 anos. A autora do pedido de homenagem foi a vereadora Aline Rezende (PRTB).

NOVA SECRETARIA
O Diário Oficial do Estado (DOE), que circulou na segunda-feira, 10, Mensagem da governadora Suely Campos (PP), acompanhada de Projeto de Lei, encaminhada à Assembleia Legislativa, que cria uma nova Secretaria de Estado. O Projeto de Lei “Dispõe sobre a criação da Secretaria de Estado de Licitações (SELIC), por via de consequência, a governadora pede a extinção da Comissão Permanente de Licitação (CPL) e das Comissões Setoriais de Licitação (CSL).
 
GUARDIÃO
A Delegacia Geral de Polícia Civil pediu ao secretário da Fazenda, Ronaldo Marcílio, o pagamento de duas notas de empenho, no valor de R$ 11.712, referentes aos serviços de manutenção e de suporte técnico de extensão e garantia do equipamento Guardião, de propriedade da Polícia Civil. O equipamento é o mesmo que os parlamentares denunciam estar sendo usado para fazer "escutas ilegais no parlamento".

URGÊNCIA
O pedido foi feito em caráter de urgência, inclusive com a quebra da ordem cronológica, visto que o equipamento é usado para "extrema necessidade para a prestação dos serviços inerente às demandas em investigações" e afirma que, se houver ausência do pagamento, ocorrerão a quebra de cláusula contratual e o consequente corte no fornecimento dos serviços.

Parabólica
parabolica@folhabv.com.br
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Parabólica
+ Ler mais artigos de Parabólica