Por Gildo Júnior
Em 16/06/2017

EDITORIAL

Hoje, continuamos nosso roteiro na terra de lendas e histórias: a morada permanente de seu protetor, Macunaíma. O Monte Roraima é o nosso roteiro desta e da próxima semana. Então, vamos embarcar nesta viagem? Conheça Roraima ao Extremo.

FICA A DICA

É recomendado aos viajantes que levem sacos plásticos para que seja recolhida a sujeira produzida ao longo da viagem, inclusive os resíduos humanos. Outra dica: não traga nada; nem planta, nem animal, nem inseto, nem mesmo cristal.  É proibido. Tire apenas fotos, pois elas duram para sempre.

Procure por agências, como a Makunaima Expedições, pelo site www.makunaima.com ou pelo fone 98112-7669, para obter outras informações ou a VC Travels, através do facebook.com/VCTravels ou pelo fone/whats: (00xx58) 424-9353193.


MONTE RORAIMA – LA VENTANA – 1ª PARTE

O primeiro europeu a avistar o Monte Roraima foi o poeta e explorador inglês Sir Walter Raleigh (1552-1618). Em “A descoberta da Guiana” (1596), o relato de sua busca do Eldorado, a lendária cidade de ouro perdida na selva, Raleigh fala de uma “montanha de cristal”. Lá em cima, havia uma cachoeira. Penso não existir no mundo catarata tão estranha nem tão maravilhosa ao olhar. Nenhum homem havia ascendido ao topo da montanha. O caminho era intransponível.

Intransponível é exagero. Quase 300 anos depois, em 1886, o botânico inglês Sir Everard im Thurn descobriu um caminho para subir ao topo, pela Venezuela. O primeiro brasileiro a chegar lá em cima foi o marechal Cândido Rondon. Em 1927, ele fincou ali a pedra que demarca a tríplice fronteira entre Brasil, Guiana e Venezuela. Mas a imponência da montanha permaneceu um desafio para os escaladores por mais um século. Só nos anos 1970, uma equipe inglesa conseguiu chegar ao topo pela parede.

Palco de diversas filmagens e fotos, o Monte Roraima foi a inspiração para a animação Up-Altas Aventuras, que fascinou milhares de pessoas mundo afora. O filme retrata algumas peculiaridades da montanha e, o melhor de tudo, a expôs, transformando-a num dos melhores roteiros de turismo da atualidade.

O monte foi escalado pela equipe de Eliseu Frechou, que o conquistou escalando suas paredes, levando 12 dias para alcançar o topo. A escalada foi feita pelo lado da Guiana Inglesa.

Conhecer o Monte Roraima é uma experiência diferente, mesmo para quem já experimentou outros trekkings. É muito mais do que apenas caminhar e acampar; é uma visita a um dos lugares mais antigos do planeta, datado da Era Pré-Cambriana, muito distante da existência do homem sobre a Terra.

Quanto mais se caminha em direção ao topo do Monte Roraima, mais aumenta o desejo de ficar um tempo maior por lá. As reflexões chegam naturalmente até ao mais cético dos viajantes, principalmente àqueles que permanecem mais dias lá em cima, visitando lugares onde pouca gente se aventurou a conhecer. Para oferecer essa oportunidade, a Makunaima Expedições elaborou este roteiro, levando os viajantes até o paredão LA VENTANA, um lugar onde as palavras são insuficientes para descrever tudo o que se vê a partir dali.

Neste pacote da viagem, está incluído: transporte Boa Vista/Santa Elena/Paraitepuy, ida e volta; pensão completa no trekking: café da manhã, almoço de trilha e jantar; kit primeiros-socorros; seguro-viagem; equipamentos de camping: barracas, lonas, fogareiro, material de cozinha; guia de trilha; carregadores para equipamentos coletivos; e reserva do período da viagem nos parques e na Comunidade Indígena de Paraitepuy.

ROTEIRO

1º dia: Boa Vista/Santa Elena de Uairén (Venezuela)

Briefing às 9h, no Hotel Aipana Plaza. A participação no briefing é obrigatória. Saída de Boa Vista às 14h, com destino a Santa Elena de Uairén, com chegada prevista às 18h ao hotel. Noite livre em Santa Elena de Uairén. Jantar e pernoite.

2º dia: Santa Elena de Uairén/Comunidade Indígena Paraitepuy/Acampamento rio Kukenan

6h30: café da manhã e saída para Paraitepuy por volta das 8h. Distribuição e pesagem da bagagem para início do trekking. Tempo de caminhada previsto: 5 horas até o acampamento, no rio Kukenan, um percurso de 16 km. Montar acampamento, reconhecimento da área, fotos, descanso, algumas reflexões e informações sobre o próximo dia de trekking. Jantar e pernoite.
Na próxima semana, daremos continuaçãoa essa viagem apaixonante pelo Monte Roraima.

INSTAGRAM RORAIMA

A foto selecionada da semana foi a do nosso parceiro @furgonetaazul, a qual foi publicada no Instagram, obtida por meio da hashtag #roraima. Uma linda fotodo vale dos cristais no Monte Roraima. Quer que sua foto seja a próxima a estar aqui na coluna Roraima ao Extremo, faça uma com o tema belezas naturais, turismo, esporte ou aventura em nossa região e, ao publicá-la no Instagram, adicione a hashtag #roraima e/ou #portalroraima, e nossa equipe selecionará a melhor foto da semana. Quem sabe não será a sua a próxima a estar aqui!

  EU CURTO MUITO ISSO  

Nos dias 17 e 18 de junho, ocorrerá o 5º TRILHÃO AMAJARI OFF ROAD, sendo no dia 17 o veloterra e no dia 18, com saída às 8h o trilhão com jeeps, quadriciclos, motos e utv’s. A atividade já virou referência em nosso Estado e a cada ano aumenta o número de participantes desse evento. Use sempre capacete e se beber não dirija!


Entre em contato com nossa equipe pelo e-mail roraimaextremo@gmail.com ou visite nossa Fan Page www.facebook.com/roraimaaoextremo, enviando-nos suas sugestões. Um grande abraço e até a semana que vem, com muito mais turismo e aventura aqui no seu Roraima ao Extremo.

Gildo Júnior
Desde: 2000-01-01
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Roraima ao Extremo
+ Ler mais artigos de Roraima ao Extremo