Por Gildo Júnior
Em 26/01/2018

EDITORIAL

Enfrentar o calor e o frio, águas termais e um deserto repleto de sal, uma paisagem única e animais que chamam sua atenção, como o grupo de flamingos que fazem as águas dos lagos ficarem avermelhadas de tantas que se aglomeram. Fazer um pedal ou até mesmo longas caminhadas num lugar paradisíaco, entre muitas outras atividades, nosso roteiro hoje nos leva a um lugar entre o Peru e o Chile, o Deserto de Atacama. Conheça Roraima ao Extremo.

FICA A DICA

As temperaturas no deserto variam entre 0ºC à noite e 40ºC durante o dia, então não se esqueça de levar roupas para todos os ambientes. Repelente e medicamentos pessoais, inclusive antialérgicos.

Visite a Adventure Club pelo site www.adventureclub.com.br ou ligue (011) 5573-4142, telefone de plantão para obter mais informações.

DESERTO DO ATACAMA - LINDO E EMOCIONANTE

O Deserto do Atacama é um lugar singular no mundo. Uma mistura de natureza pitoresca com gêiseres, desertos de sal, montanhas, cultura e arqueologia. Neste roteiro, você visita as atrações em grupos menores e com um atendimento diferenciado para, além de contemplar, você se envolver com o lugar. O Atacama é uma grande mistura de atrações, que fará com que esta jornada seja uma experiência inesquecível.

Os animais que mais chamam a atenção dos visitantes são os flamingos rosados, habitantes da planície de sal desse deserto, o Salar de Atacama, são um bom exemplo de espécie adaptada. Nesse local, a água que veio da cordilheira dos Andes, formando lagos azuis, evapora mais rapidamente do que é reposta pelas chuvas, e os sais minerais permanecem, e a lhama, que é bastante presente na paisagem desértica.

O Deserto do Atacama é muito visado por turistas, para prática do trekking, montanhismo, montaria, off-road e mountain bike, e arqueólogos devido a possuir interessantes artefatos arqueológicos e históricos, além de salinas, gêiseres, vulcões, lagoas coloridas, vales verdejantes e cânions de água cristalina. Também há múmias com mais de 1000 anos deixadas pelos Chinchorros (antigos habitantes da área).

ROTEIRO

1 º Dia - Calama – San Pedro Atacama
Recepção no aeroporto em Calama e transfer a San Pedro de Atacama. No trajeto, é possível ver a Cordilheira de Sal, a única vista panorâmica do grande salar. Ao fundo, o imponente vulcão Licancabur. Chegada ao hotel em San Pedro de Atacama e hospedagem.

2º Dia – San Pedro de Atacama – City Tour - Vale da Lua e Vale da Morte
Na parte da manhã, visita ao povoado de San Pedro de Atacama, centro da cultura atacamenha e localizado às margens do rio mais importante que nutre o salar. Visita ao Museu Arqueológico Padre Le Paige, uma importante coleção antropológica da cultura desta região. Continuação para a Praça Principal, feira de artesanato e a antiga igreja, a maior e mais bela da região.

3º Dia – San Pedro de Atacama – Salar de Atacama, Toconao e Lagunas Altiplânicas
Saída de San Pedro (aprox. às 08h00) seguindo o caminho em direção ao povoado de Toconao, entre a Cordilheira dos Andes e o Salar de Atacama, com vistas impressionantes e vulcões e da planície do salar. Visita a Toconao, pequeno povoado colonial com pitorescas construções de pedra liparita e a antiga igreja de San Lucas. Continuação para o setor da Quebrada de Jerez, regada pelo Rio Toconao. Possui um microclima especial para a produção de frutas como peras e marmelos. Sairemos com destino ao Salar de Atacama – Reserva Nacional Los Flamencos – uma área protegida que apresenta blocos de sal e lagoas com sal em formação, habitada por aves típicas deste meio ambiente.

4º Dia – San Pedro de Atacama - Dia livre
Café da manhã no hotel e dia livre para atividades independentes.

5º Dia – San Pedro de Atacama – Geysers del Tatio e Machuca
Saída do hotel às 5h para conhecer os Geysers del Tatio, onde chegaremos por volta de 7h e faremos e caminhada guiada por este campo geotérmico. Observam-se jatos e colunas de vapor, poças de água borbulhante e altos cumes ao redor. Uma curta caminhada permite observar alguns exemplares de fauna andina como vizcachas (roedores) e guanacos, bem como a vegetação característica da região andina. Ali é servido o café da manhã estilo picnic. Mais tarde, no retorno a San Pedro, visita ao pequeno povoado de Machuca, com pequenas casas feitas em adobe e sua igrejinha. Seus poucos habitantes hoje dedicam-se ao pastoreio, agricultura e produção de queijos. Chegada a San Pedro por volta de 12h30 e restante do dia livre.

INSTAGRAM RORAIMA

A foto selecionada da semana foi a da @luismanuel_j3, publicada no Instagram e obtida por meio da hashtag #roraima. Uma foto linda feita no Hotel Fazenda Castanhal, parabéns pelo registro. Quer que sua foto seja a próxima a estar aqui na coluna Roraima ao Extremo? Faça uma com o tema belezas naturais, turismo, esporte ou aventura em nossa região e, ao publicá-la no Instagram, adicione a hashtag #roraima. Assim, nossa equipe selecionará a melhor foto da semana. Quem sabe não será a sua a próxima a estar aqui!

EU CURTO MUITO ISSO

No dia 27 de janeiro, ocorrerá o 1º ESQUENTA VELOTERRA 2018, na região de Campos Novos. Contará com a participação do paredão Branca de Neve e haverá também o 2º Campeonato de futsal masculino. Use sempre capacete e se beber não dirija!

 

Entre em contato com nossa equipe pelo e-mail roraimaextremo@gmail.com ou visite nossa Fan Page www.facebook.com/roraimaaoextremo, enviando-nos suas sugestões. Um grande abraço e até a semana que vem, com muito mais turismo e aventura aqui no seu Roraima ao Extremo.

Gildo Júnior
Desde: 2000-01-01
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Roraima ao Extremo
+ Ler mais artigos de Roraima ao Extremo