Por Gildo Júnior
Em 16/03/2018

EDITORIAL

Terra de lendas e histórias, morada permanente do Macunaíma, seu protetor. O Monte Roraima é o roteiro de nossa semana e trouxemos inicialmente o roteiro do Ponto Triplo entre o Brasil, a Guiana e a Venezuela. E Então, vamos embarcar nesta viagem? Conheça Roraima ao Extremo.

FICA A DICA

É recomendado aos viajantes que levem sacos plásticos para que seja recolhida a sujeira produzida ao longo da viagem, inclusive os resíduos humanos. Este lixo será trazido de volta até a Comunidade Indígena de Paraitepuy, de onde será transportado para uma área pré-estabelecida pelo Inparques.

Procure por agências como a Roraima Adventure pelo site www.roraima-brasil.com.br ou pelo fone 9115-4171, telefone de plantão para obter essas e outras informações ou a VC Travels, através do facebook.com/VCTravels ou pelo fone/whats: (00xx58) 424-9353193.


 MONTE RORAIMA – PONTO TRIPLO

Conhecer o Monte Roraima é uma experiência diferente, mesmo para quem já experimentou outros trekkings. É muito mais do que apenas caminhar e acampar, é uma visita a um dos lugares mais antigos do planeta, datados da Era Pré-Cambriana, muito distante da existência do Homem sobre a Terra. Neste roteiro denominado Ponto Triplo, elaboramos uma programação de 6 dias de trilha, onde é possível visitar alguns dos principais pontos no alto da montanha. O Ponto Triplo é o marco piramidal encravado no topo da montanha, que demarca o limite de fronteiras entre o Brasil, Venezuela e Guiana.

No pacote da viagem oferecida pela Roraima Adventure inclui Transporte de Boa Vista/Santa Elena/Paraitepuy, ida e volta, pensão completa no trekking: café da manhã, almoço de trilha e jantar, Kit primeiros-socorros, seguro-viagem, equipamentos de camping: barracas, lonas, fogareiro, material de cozinha, guia de trilha, carregadores para equipamentos coletivos e reserva do período da viagem junto ao Inparques e Comunidade Indígena de Paraitepuy.

ROTEIRO DE 6 DIAS

1º dia: Saída de Boa Vista às 5h com destino à Santa Elena de Uairén, com chegada prevista para as 9h. Café da manhã e saída imediata para Paraitepuy por volta das 10h30, com chegada prevista para as 12h. Distribuição e pesagem da bagagem para início do trekking. Tempo de caminhada prevista em 5 horas até o acampamento no Rio Tek, num percurso de 15 quilômetros. Montar acampamento, reconhecimento da área, fotos, descanso, algumas reflexões e informações sobre o que está por vir. Jantar e pernoite.

2º dia: Café da manhã e saída por volta das 8h rumo à base da montanha. Percurso de 8 quilômetros com caminhada de 4 a 5 horas. Apesar de o percurso ser menor, o esforço será bem maior devido ser 70% de subida. Chegada prevista para as 14h. Na chegada, montar acampamento e alimentar-se, tomar um banho nas águas frias, reconhecimento da área para fotos, meditação, e informações sobre o que será no dia seguinte. Jantar e pernoite.

3º dia: Café da manhã e saída às 8h rumo ao topo. Trilha de aproximadamente 4,5 quilômetros com duração de 4 a 5 horas de subida. Neste percurso os turistas poderão aproveitar para tirar fotos de aves, plantas e cachoeiras. Breve parada para recuperar o fôlego, reunir o grupo e seguir para o local do acampamento. Tarde de descanso. Jantar e pernoite. (Primeira noite no topo).

4º dia: Café da manhã e saída com destino ao Vales dos Cristais, El Fosso e Ponto Triplo, num percurso de 4h de caminhada na ida e 3,5h de retorno, com intervalo de 1,5h no local para fotos, reconhecimento da área, descanso e alimentação. Chegada no acampamento de origem no final da tarde. Para este dia não se leva todo o equipamento, apenas o essencial para usar durante o dia. Retornar e pernoitar no mesmo acampamento (Segunda noite no topo). Jantar e pernoite.

5º dia: Hora de retornar à civilização. Após o café, levantar acampamento e iniciar a descida por volta das 8h. Descida prevista em 4 horas até a base, com parada de aproximadamente 40 minutos para descanso, alimentação e seguir direto para acampamento do Rio Tek, com chegada prevista para as 15h. Aproveitar o restante do dia para descanso, tomar banho, reconhecimento do local e produzir fotos. Jantar e pernoite.
6º dia: Última etapa. Café da manhã e iniciar caminhada rumo à aldeia que será no mesmo horário dos dias anteriores. Trecho de 15 quilômetros com duração de 4 horas e chegada por volta do meio-dia, inspeção de rotina pela guarda do Inparques, e retorno para Santa Elena, e depois para Boa Vista, com previsão de chegada às 20h.

INSTAGRAM RORAIMA

A foto selecionada da semana foi a da @grupofototours, publicada no Instagram e obtida por meio da hashtag #roraima. Uma linda foto dacachoeira de Jaspe, na Gran Sabana vista de cima, parabéns pelo registro. Quer que sua foto seja a próxima a estar aqui na coluna Roraima ao Extremo? Faça uma com o tema belezas naturais, turismo, esporte ou aventura em nossa região e, ao publicá-la no Instagram, adicione a hashtag #roraima. Assim, nossa equipe selecionará a melhor foto da semana. Quem sabe não será a sua a próxima a estar aqui!

EU CURTO MUITO ISSO

De 22 a 24 de março, ocorrerá o 73º FESTEJO DAS COMUNIDADES SURUMU E BARRO, e contará com as bandas Bixo de Pé, Forró Pesado, Xote Ziim, Forrozão Sacolejo e Zerbine Araújo, levantando a poeira no arrasta pé. O evento também terá corrida de cavalo com premiação de R$ 20.000,00, futebol society nas categorias Masculino e Feminino com premiação de R$ 2.000,00, escolha da Rainha do Festejo, Veloterra e a locução ficará por conta do Serginho Roraima. Use sempre capacete e se beber não dirija!


Entre em contato com nossa equipe pelo e-mail roraimaextremo@gmail.com ou visite nossa Fan Page www.facebook.com/roraimaaoextremo, enviando-nos suas sugestões. Um grande abraço e até a semana que vem, com muito mais turismo e aventura aqui no seu Roraima ao Extremo.

Gildo Júnior
Desde: 2000-01-01
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!
Últimas de
Roraima ao Extremo
+ Ler mais artigos de Roraima ao Extremo