Confira os principais fatos da semana em imagens
Confira na nossa galeria as imagens que foram destaque da semana
Por Diane Sampaio
Em 18/06/2017 às 08:43
Clientes reclamam da longa espera nas filas das agências bancárias da Capital
Sindicato dos Bancários atribui problema ao fechamento de agências bancárias e ao quadro reduzido de funcionários(Foto: Rodrigo Otavio)
Segue indefinida reintegração de posse de área invadida do governo
Terreno que pertence à Codesaima está ocupado por centenas de pessoas na região do Água Boa, perto do Mafirr, Imagem tirada de ultraleve mostra invasores com seus carros no fim de semana (Foto: Josenir Silvério)
Apagões continuam no Cantá e provocam prejuízos financeiros a produtores rurais
Produtor Teotônio de Matos relata os prejuízos que vêm acumulando no Cantá (Foto: Wenderson de Jesus)
Corpo de Bombeiros Militar já auxiliou mais de 400 moradores do Passarão
A travessia está disponível diariamente, das 7h às 19h30, com intervalo para o almoço das 12h às 13h
Empresários denunciam favorecimento de serviço funerário pelo setor público
Denunciantes afirmam que empresa contratada pelo governo para atender apenas famílias de baixa renda estaria sendo beneficiada. Empresas alegam que estaria ocorrendo direcionamento nos casos de mortes no HGR (Foto: Rodrigo Otávio)
Usuário de drogas invade loja, é flagrado por câmeras de segurança e acaba preso
Suspeito tentou furtar quatro celulares, cosméticos e CPU’s de computadores, mas foi preso em flagrante Imagens das câmeras de segurança flagraram o homem invadindo a loja (Foto: Reprodução)
Polícia prende integrante de facção com pistola e drogas
O suspeito fugiu da polícia, abandonou a motocicleta que conduzia e agrediu os policiais no momento da prisão. A arma apreendida com o suspeito era uma pistola PT-57, calibre 7,65, com duas munições intactas
Prefeitura orienta que populares não se arrisquem em cima de monumento
Prefeitura diz que não há legislação que proíba que pessoas subam em monumento (Foto: Divulgação)
Lixeiras são quebradas em menos de 24 horas após revitalização da praça
Na manhã seguinte à inauguração, populares já encontraram o local com sinais do vandalismo praticado na madrugada