NO CANTÁ
Colisão entre caminhonete e motocicleta deixa dois mortos na BR-432
Acidente ocorreu por volta das 19h30 de ontem, na rodovia entre o município do Cantá e a Vila Central, na região Centro-Leste de Roraima
Por Folha Web
Em 16/10/2017 às 09:00
A colisão foi tão forte que o veículo ficou parcialmente destruído (Foto: Divulgação)

Um grave acidente envolvendo uma caminhonete modelo Hilux, de cor branca, e uma motocicleta, por volta das 19h30 de ontem, 15, na BR-432, no município do Cantá, região Centro-Leste de Roraima, deixou duas pessoas mortas.

Segundo a Polícia Militar (PM), as vítimas, Henry Stetson dos passos Araújo, de 44 anos, e Eduarda Boaventura da Costa, de 14, seguiam na motocicleta em direção a Vila Central, quando houve a colisão frontal com a picape, que vinha no sentido contrário.

O motorista da Hilux teria dito aos policiais que tentou uma ultrapassagem, quando percebeu o impacto. A colisão foi tão forte que o veículo ficou parcialmente destruído. O condutor da motocicleta, que morreu no local do acidente, e a garupa foram arremessados por vários metros. A jovem chegou a ser socorrida e encaminhada ao Hospital, mas não resistiu às múltiplas fraturas e morreu.

Henrique Sérgio Nobre disse: Em 16/10/2017 às 17:07:40

"Resta saber se a altrapassagem foi feita de forma responsável ou irresponsáve (ligou a seta indicando a ultrapassagem), uma competente perícia pode dizer. Em todo caso, duas pessoas perderam a vida."

Fabricio Maia disse: Em 16/10/2017 às 09:54:46

"Costumo trafegar naquela região, não são todos mais a maioria dos veículos trafegam com excesso de velocidade naquele techo de estrada(não há pavimentação) onde a velocidade máxima é de 60 km/h andam as 120 km/h ou mais "

Fabricio Maia disse: Em 16/10/2017 às 09:54:32

"Costumo trafegar naquela região, não são todos mais a maioria dos veículos trafegam com excesso de velocidade naquele techo de estrada(não há pavimentação) onde a velocidade máxima é de 60 km/h andam as 120 km/h ou mais "

Fabricio Maia disse: Em 16/10/2017 às 09:54:25

"Costumo trafegar naquela região, não são todos mais a maioria dos veículos trafegam com excesso de velocidade naquele techo de estrada(não há pavimentação) onde a velocidade máxima é de 60 km/h andam as 120 km/h ou mais "

sergio rodrigues da silva disse: Em 16/10/2017 às 14:25:03

"Sou professor e dei aula para Eduarda chamada durante uma ótima aluna faz mas de 8 anos que espero para as fatal aquele trecho é já fora vários dizendo que a verba já está características mas nada. Esta na minha memória a Eduarda fui da aula hoje mas não tive capacidade de administração a aula "