CANTO FORTE
Festival apresenta músicas inéditas nessa quinta-feira
Confira o repertório dos artistas
Por Raisa Carvalho
Em 06/04/2017 às 19:00
Foto: Divulgação

Onze artistas se apresentam na primeira noite do Festival Canto Forte que inicia nesta quinta-feira, (06), no palco do Centro Amazônico de Fronteiras-CAF, na Univesidade Federal de Roraima.

O evento tem continuidade na sexta-feira, (07), com mais onze candidatos, a grande final será no sábado, (08). A entrada é franca.

Evento é organizado há sete anos por Joemir Guimarães, e premia cantores, intérpretes e compositores.  Com músicas diversas, o objetivo é incentivar novos artistas que só podem concorrer com músicas inéditas.

“Nossa proposta é movimentar o cenário musical e oferecer uma estrutura de ponta, desde o camarim até o palco para os artistas se apresentarem”, contou Joemir, que iniciou sua carreira em festivais realizados no nordeste.

“O Festival é reconhecido pela diversidade em sua programação que tem como principal objetivo a formação de plateias. São sete anos, incentivando a música roraimense, mais de 600 músicas lançadas, cerca de R$ 125 mil em prêmios, o festival que já teve transmissão ao vivo para todo o estado”, relata.

Um dos artistas que se apresenta hoje, o músico e jornalista João Barros é presença confirmada em grandes festivais de música. Em seu currículo, o músico já arrebatou mais de cinco prêmios em competições em Boa Vista e Rorainópolis, entre eles foi selecionado por duas vezes a participar do Reality show de música “Ídolos”. É a terceira vez que ele é selecionado para o Canto Forte e esse ano, tentará mais uma vez com a música Samurai Guerreiro da Luz.

“O Canto Forte é a maior vitrine da música roraimense, pra quem cria a música, quando se é selecionado sente um frio na barriga, uma ansiedade maravilhosa, e é mágico. Eu pretendo fazer a minha melhor apresentação, sempre me dedico muito, porque sei que o público merece uma apresentação grandiosa. Devemos um agradecimento especial para toda a equipe organizadora do festival, principalmente ao Joemir Guimarães que faz cultura e organiza esse festival na garra”, relatou João Barros.

Os Intérpretes e compositores além se apresentar para o público se submeterão a avaliação da comissão julgadora, composta por cinco membros com um vasto conhecimento na área musical.

Ao todo, vinte e duas músicas competem nas duas noites do Canto Forte, com a participação de compositores, cantores e intérpretes de todo o estado. Os critérios para vencer o festival é competir com uma boa letra e melodia.

Confira a programação:

Primeira noite – quinta- feira dia 6 de abril

1 –Tepequém -Yuri Silva

2 - Divina Pesca –Modecy Viana

3 – Pijama -Paulo Segundo

4 - Samurai Guerreiro da luz -João Barros

5- O beijo de pra sempre -Marcelo Moçambique

6 - Cunhantã encantada - Ivônio da Silva

7- Maria das flores - Maria de Fátima

8- Prá você me querer - Juliano Mainardi

9- Eu sou Roraima -Rainei Prestes

10- Amazônia meu amor – Ranoldo Alves

11 - Essa mulher -João Aroma

Segunda noite- sexta-feira dia 07 de abril

1 -Meu jardim – Kárisse Blós

2 - Eu amo Boa Vista – Zerbine Araújo

3 O canto - Lionella Edwards

4 - Pássaro cantador – Halisson Crystian

5 - Quero Liberdade - Argemiro Garcia

6- Zoiô nos zóio meu -Chirley Cantoria

7- Um real (R$ 1,00) - Ítala Raíssa

8 - Praia grande -Dithania Lima

9 - Terra mãe -Jair Amazonas

10- Paixão Wapixana - Euterpe

11 - Conhecer você -Pablo Alexandro

Comentários
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!