GP
Hamilton elogia carro, mas alerta para as “rápidas” Ferrari e Red Bull
Gostei (0) Não gostei (0)
Por Ribamar Rocha
Em 14/04/2018 às 00:15

O britânico Lewis Hamilton liderou, na madrugada dessa sexta-feira, os dois primeiros treinos livres para o Grande Prêmio da China de Fórmula 1. O atual campeão da categoria deixou o Circuito Internacional de Xangai satisfeito com o desempenho de sua Mercedes, mas disse que espera dificuldades contra seus principais rivais.

“O equilíbrio do carro é bom, mas ainda temos alguns ajustes para fazer. A Ferrari foi rápida e a Red Bull parecia bem rápida nas retas longas”, avaliou Hamilton, que foi apenas 0s007 mais veloz do que o finlandês Kimi Raikkonen no segundo treino.

“É bom ver todos tão próximos, mas isso significa que realmente precisamos impor nosso jogo. Precisamos que todos da equipe participem dele durante o fim de semana porque isso é um esforço em conjunto”, recomendou.

No traçado chinês, Hamilton testou os pneus médios, macios e ultramacios. Ao contrário da maioria dos pilotos, o britânico não sentiu um desgaste excessivo dos compostos na pista em Xangai e se mostrou confiante para a corrida de domingo.

“Foi um bom dia. Passamos por todas as voltas que precisávamos e recebemos um bom retorno do carro. Todos os pneus aqui são bastante semelhantes em ritmo, então não há uma grande diferença entre eles, apesar da distância entre o macio e o ultramacio”, concluiu.

O terceiro treino livre para o GP da China foi realizado a partir da meia-noite deste sábado. A disputa pela pole position estava marcada para acontecer pouco depois, às 2 horas (de Boa Vista). Vencedor das duas primeiras etapas da temporada, Sebastian Vettel lidera o Mundial de F1, com 50 pontos, 17 a mais do que o segundo colocado Hamilton.

 

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!