INTERNET
Iact busca apoio no Senado para banda larga e centro tecnológico
Por Folha Web
Em 08/12/2016 às 00:56

O Brasil está na era da internet ilimitada, mas Roraima continua sendo o único Estado que ainda não aderiu ao Plano Nacional de Banda Larga. Confiando na força política do senador Telmário Mota (PDT), os diretores do Instituto de Amparo à Ciência, Tecnologia e Inovação do estado de Roraima (Iacti-RR) conversaram com o parlamentar em busca de apoio para que Roraima finalmente tenha direito ao Plano Nacional de Banda Larga.

Lançado em maio de 2010, o PNBL previa a chegada da banda larga a 500 cidades de todo o país até 2014, alcançando 40 milhões de domicílios. O único estado que ficou fora foi Roraima porque, na época, o Governo Federal entendeu que não havia rede de fibras óticas disponíveis na região para dar suporte ao serviço. “Por isso estamos no atraso e viemos buscar apoio do senador Telmário para ver se agora esse pleito deixa de ser um sonho”, disse Richarlly Carneiro, diretor da IACTI-RR.

O diretor-presidente do IACTI-RR, Marcelo Nunes, também solicitou que o senador lute para que o ministério das Comunicações prorrogue o convênio, por meio da Finep, financiadora de projetos tecnológicos, que permitirá a construção de um parque tecnológico no estado.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!