BAIRRO CONJUNTO CIDADÃO
Lavatório desaba e mata jovem de 20 anos que estava de resguardo
Por Folha Web
Em 17/07/2017 às 00:49
Estrutura desabou e pedaços de madeira e telhas de barro atingiram a cabeça de Marisane (Foto: Tarsira Rodrigues)

Uma estrutura de madeira coberta com telhas de barro, que era utilizada como lavatório, desabou e matou a jovem mãe Marisane Barbosa Semeão, de 20 anos. O caso ocorreu na manhã de domingo, 16, no Conjunto Cidadão, no bairro Laura Moreira, na zona oeste, enquanto Marisane lavava roupa abrigada pela estrutura.

A mulher estava de resguardo e deixa agora, aos cuidados do pai e de toda a família, um bebê de 24 dias. No momento do acidente, o marido não estava em casa. Ele havia saído para comprar alimentos. Ao chegar, encontrou Marisane nos escombros do lavatório. Ele chamou o Serviço de Emergência, mas a companheira já estava sem vida.  A jovem residia na Vila Trairão, em Mucajaí, região centro-oeste do Estado, e estava a poucos dias na Capital, onde teve a primeira filha.

O corpo de Marisane já foi liberado pelo Instituto Médico legal de Roraima (IML). A mãe da vítima está viajando para a Venezuela e já foi avisada do ocorrido, devendo chegar ao Brasil a tempo para o enterro da filha, previsto para esta segunda-feira, 17.  

Os vizinhos da jovem estavam muito abalados, pois alguns acompanhavam a rotina da mulher. “Todos os dias ela lavava as roupinhas da neném. O marido dela sempre estava em casa também e hoje [domingo], infelizmente, ele não estava no momento dessa tragédia”, comentou uma vizinha.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!