FEMINICÍDIO
Polícia prende ex-presidiário que esfaqueou irmã por um miojo
Ele continuava ameaçando a família que pediu medida protetiva
Por Folha Web
Em 20/03/2017 às 13:00
O acusado foi encaminhado a penitenciária agrícola

A polícia civil prendeu hoje o acusado de tentar matar a irmã por conta de um miojo. Kelson da Conceição tem 20 anos, é ex-presidiário e já cumpriu pena por furto.

A delegada Elivânia Aguiar contou que o acusado discutiu com a irmã por conta do miojo e deu uma facada nela que perfurou o pulmão. Ela ficou em coma e após se recuperar e voltar para casa continuava sendo ameaçada por ele.

“A família pediu medida protetiva e logo entramos com pedido de prisão preventiva também. Hoje ele foi preso na casa de um amigo, ainda tentou escapar mas terminou se entregando” disse a delegada em entrevista coletiva.

O cumprimento do mandado de prisão preventiva foi feito hoje pela manhã por cinco agentes da DEAM com apoio do 2º DP “Quem pratica tentativa de homicídio está sujeito a prisão de 6 a 20 anos com a qualificadora de feminicidio e também pelo fato de ser motivo torpe” concluiu a delegada

O CASO - O caso ocorreu na rua Juiz Maximiano Trindade, bairro Senador Hélio Campos, zona Oeste da Capital. No Boletim de Ocorrência, a vítima contou que sofreu o golpe no peito ao brigar com o irmão por um miojo que ambos queriam comer.

Comentários
gilberto marcelino disse: Em 20/03/2017 às 13:28:47

"Depois um animal como esse aparece morto e tem gente que lamenta. Dá pra acreditar?"