REAÇÃO VIOLENTA
Populares espancam venezuelano suspeito de fazer assalto no Centro
Populares começaram a agredir suspeito depois que mulher pediu ajuda alegando que tinha sido assaltada
Por João Barros
Em 08/03/2017 às 01:07
Suspeito de roubo foi imobilizado e agredido por populares no centro comercial da Avenida Jaime Brasil (Foto: Divulgação)

Um venezuelano foi agredido por populares no Centro da Capital, na manhã de ontem, dia 07. Ele foi abordado após a vítima ter pedido ajuda de outras pessoas, alegando que tinha sido roubada. Alguns homens cercaram o indivíduo e iniciaram uma sessão de socos e pontapés. Somente depois da intervenção de outras pessoas, quando já estava bastante ferido, ele foi solto.

Um vídeo publicado nas redes sociais mostra o momento em que o venezuelano é imobilizado e, no mesmo instante, a vítima olha a carteira do suspeito, quando percebe que do total roubado ainda faltavam R$ 150. Ela começa a perguntar onde estaria o dinheiro e, antes de ele responder, começa a ser espancado.

Preocupadas com o andamento do fato, algumas testemunhas acionaram a Polícia Militar, tendo em vista que a sequência de agressões e o número de pessoas revoltadas aumentavam. Uma mulher teve que entrar no meio da confusão na tentativa de impedir que o indivíduo fosse linchado.

Muito ferido, com cortes no rosto e sangrando bastante, o suspeito aguardou a chegada da PM. Ele foi levado ao Pronto Socorro Francisco Elesbão, no Hospital Geral de Roraima, onde recebeu atendimento médico para, em seguida, ser conduzido ao 1º Distrito Policial, onde prestou depoimento à autoridade policial. O venezuelano foi liberado por não ter sido registrado ocorrência policial. (J.B)

Comentários
rennerys weiller de oliveira viana disse: Em 08/03/2017 às 13:04:00

"Independente de esse suposto venezuelano ser o autor do assalto ou não, as pessoas que o agrediram são culpadas de violência e agressão física. Aos que agrediram esse rapaz e estão lendo este comentário. Peço que reavalie sua consciência. Pois nesse caso, a única certeza de culpa é dos agressores que estão registrados através de fotos e vídeos."

Rio Branco disse: Em 08/03/2017 às 06:53:27

"Errou o delegado, tinha que ser entregue a PF para ser deportado de imediato. Mas aqui em Roraima, qualquer imundicie tem mais moral do que os brasileiros."