FALTA DE CHUVAS
Queimadas já preocupam moradores da região Sul de Roraima
Trabalho de conscientização tem sido realizado nos municípios para instruir agricultores e pecuaristas a utilizarem as queimadas de forma consciente
Por Jefter Reis
Em 29/08/2017 às 15:00
Em Rorainópolis, o excesso de queimadas já decorrentes do início do período seco, tem afetado diretamente os moradores das vicinais e da cidade (Foto: Jefter Reis)

Os municípios localizados ao Sul do Estado têm registrado um aumento no números de queimadas devido ao período sem chuvas nessas regiões. O aumento tem sido notado nas cidades de São Luiz do Anauá, São João da Baliza e Rorainópolis.

As queimadas, que em sua maioria se dão em decorrência do manejo de áreas para plantação, são muito comuns após iniciar-se o verão e se mostram mais abundantes nas vicinais que fazem parte dos municípios.

Em São Luiz do Anauá e São João da Baliza, um trabalho de conscientização tem sido realizado pelas secretarias de saúde de ambos os municípios para instruir agricultores e pecuaristas a utilizarem as queimadas de forma consciente, evitando os riscos de destruição de florestas e áreas que não serão usadas no plantio ou criação de animais.

Em Rorainópolis, o excesso de queimadas já decorrentes do início do período seco, tem afetado diretamente os moradores das vicinais e da cidade, como uma intensa camada de fumaça que tem se formado decorrente das queimadas na região.

Segundo informações da secretaria municipal de saúde do município (Semsau), o período sem chuvas, traz consigo problemas como, grande quantidade de poeira, que acabam causando problemas respiratórios e falta de ar em crianças e idosos, proliferação de mosquitos transmissores de doenças e, com as queimadas, problemas relacionados à inalação da fumaça que circula o ar do campo e da cidade.

De acordo com a Semsau, precauções devem ser tomadas pelos moradores das vicinais e da cidade para evitar maiores problemas de saúde por conta do excesso de poeira e da fumaça, como, beber bastante água, evitar circular nos horários em que o céu esteja com grande quantidade de poeira ou fumaça e sempre higienizar as vias respiratórias para evitar inação de substâncias nocivas à saúde presentes na poeira e fumaça de queimadas.

Para a Secretaria de saúde, é sempre importante em caso de problemas respiratórios, procurar atendimento nos postos de saúde para que não ocorra maiores complicações.    

 

                                   

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!