HORA DA SONECA
‘Sono é fundamental para desenvolvimento da criança’ diz pediatra
Excesso de sono pode não ser o único dano para o seu filho se ele não dorme bem à noite
Por Raisa Carvalho
Em 11/05/2018 às 07:42
Médica ressalta a importância da soneca para crianças (Fotos: Divulgação)

O sono infantil é muito importante, principalmente nos primeiros cinco anos de vida. De acordo com a pediatra Ana Carolina Brito, estudos científicos comprovam que crianças que tem rotina de sono bem definida apresentam menor risco de desenvolver problemas relacionados à déficit de atenção e melhor desempenho escolar.

“Os pais devem estar atentos em estabelecer uma rotina saudável para o sono. Outro dado importante é que durante o sono profundo há a produção de hormônios que atuam no crescimento e é um período onde o cérebro fixa as informações recebidas durante o período em que está acordado, interferindo diretamente na memória e aprendizado”, explica.

Segundo a médica, o período de sono varia de acordo com a idade: até cerca de 6 a 8 semanas de vida, dificilmente o bebê permanece mais que 2 horas acordado.

A partir dos 2 a 3 anos geralmente, existem dois períodos de soneca com duração entre 1 e 2 horas de duração, sendo um pela manhã e outro à tarde e à noite o sono dura cerca de 6 a 8h. “A partir dessa idade, a criança costuma seguir o ritmo de sono da família”, relata.

A pediatra explica que crianças que dormem menos tempo do que o aconselhado ou que apresentam distúrbios decorrentes do sono podem ter problemas no desenvolvimento físico, no fortalecimento do sistema imunológico, na consolidação da memória e dificuldades no relaxamento muscular.

A hora do sono é um momento especial para as crianças, além de melhorar o humor, ajuda o desenvolvimento da criança e o desempenho escolar. No entanto, o tempo para um sono reparador varia de acordo com cada um.

Como promover uma boa rotina do sono?

Defina horários para a hora de dormir.

O importante é deixar o quarto tranquilo, mas não precisa mantê-lo totalmente escuro nem fazer silêncio absoluto na casa.

Crie um bom ambiente para o sono.

A temperatura do quarto interfere na qualidade do sono. Se a criança sentir calor ou frio, com certeza vai acordar mais.

Crie um ritual.

Dê um banho morno no bebê, antes de amamentá-lo, para ajudá-lo a relaxar. Para isso, use sabonete líquido com substâncias naturais, como a erva-doce e a lavanda, que têm propriedades calmantes.

Faça massagem.

Se seu filho estiver irritado demais, tire alguns minutos do dia para massageá-lo e deixá-lo mais tranquilo.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!