ATAQUE HACKER
TJ, Defensoria e Assembleia reativam sistemas nesta segunda
Os sites da Assembleia Legislativa e Defensoria Pública já voltaram ao ar;Tribunal de Justiça deve retornar ainda na manhã desta segunda-feira (15)
Por Folha Web
Em 15/05/2017 às 10:10

Os sites da Assembleia Legislativa e Defensoria Pública voltaram ao ar após os ciberataques em larga escala que derrubaram sistemas em mais de 170 países, incluindo o Brasil. O site Tribunal de Justiça de Roraima ainda está fora do ar, mas segundo informou a assessoria deve retornar ainda na manhã desta segunda-feira (15)

O vice-presidente do Tribunal de Justiça desembargador Mozarildo Cavalcanti, suspendeu por meio de portaria, todos os prazos processuais durante o período em que o Tribunal esteve fora do ar, nos dias 12, 13 e 14 de maio.

Os sites estavam indisponíveis como medida de precaução desde a tarde desta sexta-feira (12) mas não houve informações sobre ataques em Roraima.

As máquinas foram vítimas do WannaCry, um dos mais rápidos ransomwares - tipo de ataque cibernético que usa software malicioso para "sequestrar" dados de usuários - já registrados na história. Com alto impacto na Europa e na Rússia, ele afetou o Brasil, obrigando governo e empresas a desligar computadores e redes corporativas.

Origem. Ainda não é possível precisar qual a origem do WannaCry. Entre as teorias, está a de que um grupo de hackers chamado Shadow Brokers tenha roubado a tecnologia da Agência de Segurança Nacional norte-americana (NSA, na sigla em inglês) durante uma invasão em abril. É comum que agências de segurança pelo mundo coletem software malicioso para usá-lo para fins de espionagem. A agência, no entanto, não comentou o fato.

Comentários
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!