HGR
Vítima de tiro e facadas morre no HGR três dias depois de internado
Por João Barros
Em 16/03/2017 às 01:05

Alex dos Santos, de 33 anos, morreu na madrugada desta quarta-feira, dia 15, três dias após dar entrada no Hospital Geral de Roraima (HGR) com perfurações pelo corpo e com marca de tiro. O caso aconteceu no domingo, dia 12, mas a família não soube dizer o local do fato.

O Instituto de Medicina Legal (IML) fez a remoção do corpo para que o exame cadavérico fosse realizado. A irmã da vítima contou que não sabe detalhes, mas confirmou que o familiar deu entrada no HGR com perfurações e também com marca de tiro. Ele passou por intervenção médica, mas morreu em decorrência de uma infecção generalizada.

A irmã disse que não tem suspeito do homicídio e que a família ainda não foi procurada pela polícia para prestar esclarecimento. Um Boletim de Ocorrência foi registrado pelo irmão da vítima, que por estar abalado não quis dar entrevista, mas também disse que não tem nenhum suspeito. Quando perguntado sobre o local do crime, não quis responder e disse que precisava resolver questões com a funerária.

O corpo foi liberado por volta das 10h30 de ontem para a família. O caso será encaminhado à Delegacia-Geral de Homicídios, que ficará a cargo das investigações. Até o fim da tarde de ontem, 15, ninguém foi preso ou apontado como autor do homicídio. (J.B)

Comentários
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!