VIOLÊNCIA
Agente penitenciário leva tiro na cabeça durante aniversário da filha
Vítima comemorava o aniversário da filha de seis anos, quando suspeitos entraram e atiraram
Por Folha Web
Em 21/04/2017 às 00:25
Governo do Estado lamentou “morte trágica” de servidor Alvino Mesquita (Foto: Reprodução/Facebook)

O agente penitenciário Alvino Mesquita foi morto na noite de ontem, 20, no bairro Senador Hélio Campos. Ele levou um tiro na cabeça e morreu na hora, segundo informações da Polícia Militar.

Ele comemorava o aniversário da filha de seis anos, quando dois homens chegaram e anunciaram o assalto. Um dos homens efetuou um disparo contra Alvino e a arma falhou. A vítima ainda tentou sacar a arma, mas não conseguiu e foi alvejada na cabeça.

De acordo com informações preliminares da Polícia Militar, os dois homens chegaram à casa da vítima a pé. No momento do crime, a rua estava escura e uma câmera de segurança de uma residência vizinha flagrou apenas dois vultos. As autoridades policiais investigam a possibilidade de a morte estar relacionada ao crime organizado.

Em nota, o Governo do Estado lamentou a “trágica morte do servidor público”. Informou ainda que as investigações envolvem todas as forças de segurança estaduais no objetivo de elucidar o crime e prender os autores.

Sansao Moura disse: Em 21/04/2017 às 09:26:54

"isso e uma vergonha pro nosso estado !!! ja passou a hora do aumento do efetivo pra controlar esses vagabundos vamos ver se o governo vai indenizar a familia desse homem trabalhador como fazem com os vagabundos quando algum deles morrem la dentro."