GRAFITTE
Alunos participam de exposição na escola Antônio Carlos da Silva Natalino
Alunos da Escola Estadual Antônio Carlos da Silva Natalino irão realizar uma exposição de artes neste sábado (13)
Por Folha Web
Em 12/05/2017 às 18:06
As atividades fazem parte do ‘Projeto Grafite’ que foi implantado na escola no primeiro semestre deste ano (Foto: Divulgação)

Alunos da Escola Estadual Antônio Carlos da Silva Natalino irão realizar uma exposição de artes neste sábado (13). O evento será no pátio da escola que fica situada na Rua José Francisco, n°1339, Jóquei Clube. As apresentações começam às 9h30 e seguem até às 11h.

As atividades fazem parte do ‘Projeto Grafite’ que foi implantado na escola no primeiro semestre deste ano, voltado para os alunos do 1° ano que estudam em horário integral. De acordo com a professora de artes, Maria Cristina de Melo, coordenadora do projeto, o objetivo é sensibilizar a comunidade escolar de que o grafite é arte.

“O grafite é diferente da pichação, é uma arte onde o artista pode se expressar e por meio dela podemos passar mensagens sobre diversos assuntos. Desta forma acreditamos que a comunidade escolar vai saber diferenciar o grafite da pichação” explicou a coordenadora.

Durante o evento os alunos vão expor trabalhos grafitados por eles. Haverá também apresentação de slides informativos sobre a arte do grafite, grafitagem em tempo real e apresentação de grupos de rap e skatistas.

PROJETO – O projeto foi realizado em duas etapas: a teórica, em sala de aula, com a parceria e colaboração dos grafiteiros: Ricks, Ton, Folha, Jubs, Rap 7, Niggaz, Perninha e Sueka. Eles falaram sobre a arte do grafite. Na prática os alunos aprenderam como preparar as paredes, manusear as tintas e os pincéis na hora de grafitar.

“Eu achei uma experiência maravilhosa, pois o grafite além de dar cores a coisas monótonas, alegra as paredes e não vandaliza o patrimônio publico” destacou a aluna Ludmila Victória, que participou do projeto.

A estudante Rafaela Pinheiro, destacou que o projeto serviu como incentivo para os alunos que estudam em horário integral. “Foi uma ótima iniciativa. O grafite nos trouxe cultura, alegria e conhecimento sobre a livre expressão. Tenho orgulho de dizer que participei deste projeto”, destacou.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!