AGÊNCIA LOTADA
Apenas aposentados por incapacidade devem agendar perícia no INSS
Gostei (0) Não gostei (0)
Cerca de 1.700 beneficiários em Roraima precisam agendar, através do telefone 135, a perícia médica no INSS
Por Pedro Barbosa
Em 08/05/2018 às 01:41
Beneficiários de outras categorias procuram, sem necessidade, a agência (Foto: Wenderson de Jesus)

Em período de revisão médica para pessoas que recebem benefício por incapacidade pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), cuja convocação foi feita no dia 12 de abril, está cada vez mais comum ver a sede do órgão em Roraima, localizada na Avenida Glaycon de Paiva, bairro Mecejana, lotada de beneficiários. Porém, a maioria desses problemas poderia ser resolvida de casa, sem a necessidade de ir até a agência.

Segundo a gerente executiva do INSS em Roraima, Leyde Andrade, cerca de 95% dos serviços não agendados que são demandados por beneficiários que vão até a agência podem ser resolvidos sem sair de casa. “Até assegurados de outras categorias, como por idade, ouvem que precisam fazer a perícia e, por isso, vêm para cá achando que o atendimento será realizado na hora sendo que é preciso agendar”, disse.

Leyde lembrou ainda que a revisão só é para aposentados por incapacidade. “Muitas vezes até pessoas do interior vêm sem necessidade e, em alguns casos, sem chance de resolução por aqui, pois a revisão é feita através de uma relação entre o Ministério do Desenvolvimento com o beneficiário”, explicou.

Ainda de acordo com a gerente executiva do INSS em Roraima, as pessoas que precisam realizar perícia médica estão recebendo cartas enviadas pelo Ministério do Desenvolvimento Social. “A partir do recebimento, um prazo de cinco dias é estipulado para que o assegurado entre em contato com a central 135 e agende sua vinda para a realização da perícia”, explicou.

Em torno de 1.700 pessoas em Roraima, que não passaram por uma perícia após dois anos de recebimento do benefício, incluindo aquelas que recebem por ordem judicial, foram notificadas quanto a suas pendências ao INSS. Aproximadamente 40 pessoas não receberam a correspondência devido à mudança de endereço.

“Um prazo de 20 dias corridos é estabelecido após o retorno da carta. Nós imprimimos a lista das pessoas cujas cartas acabaram retornando e colamos na entrada do INSS. Para as pessoas que ainda não atualizaram seus dados, é recomendado ligar para o 135, pois elas podem estar sendo cobradas”, relatou.

A lista com os nomes de todos convocados para a prestação da perícia no Brasil está disponíveis em ordem alfabética no Diário Oficial da União do dia 12 de abril, da página 109 até a 506.

SERVIÇOS DIGITAIS - Extratos previdenciários, de Imposto de Renda e empréstimo consignado, histórico de crédito e até simulação de tempo de serviço podem ser consultados através do “Meu INSS”, que está disponível no portal do Instituto, cujo acesso é feito através de botão disponível na página inicial do site. Além disso, o serviço também está disponível através de aplicativo, que pode ser baixado na Play Store ou na App Store. (P.B)

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!