ENCONTRO
Arquitetos propõe melhor cidade aos candidatos à prefeitura
"É preciso projetar uma assistência técnica à população de baixa renda", citou a Cau-RR
Por Folha Web
Em 29/09/2016 às 19:00

Às vésperas das eleições, o Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Roraima (Cau-RR), lançou discussão junto aos profissionais, professores, acadêmicos e população em geral: Qual cidade que precisamos em Roraima?

O debate ocorreu na sede do Conselho na última terça-feira (27), pela tarde. Ao final foram reunidas as principais ideias numa carta que será enviada aos candidatos à prefeitura das cidades de Roraima, bem como aos vereadores.

A ideia foi inspirada pela Carta Aberta aos Candidatos a Prefeitos e Vereadores do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (Cau-BR), cujo tema vislumbra a necessidade do pacto pela qualidade das cidades e entendendo as especificidades de cada lugar.

Entre a principais propostas então a aceitação e reconhecimento das instituições quanto a importância do profissional Arquiteto e Urbanista, cuja formação técnica e atuação são imprescindíveis para a construção da imagem das cidades.

Outra questão está no planejamento das cidades que foi esquecido, como exemplo estão as cidades do interior de Roraima que há total ausência de planejamento técnico.

O presidente do Cau-RR, Pedro Hees, confirmou que outro ponto fundamental está no respeito à cultural social das cidades.

“Na Constituição Federal o cidadão deve ser agente efetivo da dinâmica urbana, não apenas usuário passivo. O envolvimento social na solicitação de melhores espaços e a dinâmica cultural são necessários para cidades melhores”, disse Hees.

Para os técnicos que reuniu as ideias principais da carta, o profissional arquiteto deve compor o grupo de governança pois estão qualificados e habilitados para tal, o que influenciará numa cidade mais dinâmica e com sustentabilidade, além de garantir a mobilidade urbana que deve ser pensada como distribuição estratégica dos serviços, a fim de diminuir os custos e deslocamentos para os atendimentos.

Ao finalizar o Cau-RR contemplou outro viés: há a urgente necessidade de criação de um plano de assistência técnica à população de baixa renda que envolva as pessoas que não possuem dinheiro para o sonho da casa própria.

Confira na íntegra a carta que será apresentada no endereço: http://www.caurr.gov.br/carta-aberta-caurr/

Cau-RR: O Conselho conta atualmente com cerca de 200 Arquitetos e Urbanistas, profissionais capacitados e habilitados para propor discussões e soluções técnicas às cidades de Roraima.

A função é orientar o rumo às cidades mais dignas e justas, na perspectiva da gestão democrática baseada no planejamento e organização. E, por fim, garantir a continuidade de planos, projetos e ações para cidades que precisam de planejamento urbano e arquitetônico.

Comentários
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!