LIVRO
Artista roraimense lança livros de poesias sobre amores e vivências
Gostei (2) Não gostei (0)
Além de escritor, o artista roraimense é cantor, ator, compositor e gestor cultural
Por Raisa Carvalho
Em 11/05/2018 às 07:34
O cantor e escritor roraimense, Ernandes Dantas (Fotos Arquivo pessoal)

“A manhã chegou chuvosa, respingando preguiça pela cama, trouxe assim uma vontade imensa, de ficar se aquecendo no corpo de quem se ama”, esse é um trecho da poesia ‘Manhã Chuvosa’ que está no livro “Antologia poética – Sobre o que o vento anuncia’ do artista roraimense Ernandes Dantas. O artista e gestor cultural é conhecido pelo seu trabalho como escritor, músico e por atuar no espetáculo Paixão de Cristo em Mucajaí, onde morou durante anos.

O artista lança agora um livro de poesias e letras de música que falam sobre a arte, amor, e sentimentos e vivências de quem mora e é apaixonado por cultura de Roraima.

Segundo ele, os contos e causos contados por seus avós, Maria de Lourdes e Salomão Dantas, foram uma das maiores inspirações para a obra.

“Eu morei muitos anos em Mucajaí, e no interior ainda existe aquele hábito de escutar a história dos mais velhos, eles me contavam como era Roraima no passado, as lendas e costumes e isso me inspirou muito, a querer escrever e contar histórias regionais. As poesias são assim, contam um pouco do que é Roraima”, relatou.

Segundo o artista, a veia cultural pulsou ainda muito jovem, quando começou como figurante no espetáculo. Além disso, ele sempre esteve inserido no cenário cultural acompanhando os artistas locais.

“Sempre tive apoio, alguém me dizia, você sabe cantar, e eu comecei a ter uma banda, fui vocalista de um grupo chamado ‘Mistura de cor’ por 17 anos, e daí me diziam, por que você não lança um trabalho autoral? E eu topei. Tomei coragem, é preciso ter coragem para fazer arte em Roraima, e eu sou um sonhador. E eu consegui concretizar alguns sonhos, com recurso próprio, de forma independente, mas é algo que servirá de inspiração até para a minha filha que vai fazer quinze anos”, disse.

A obra possui 49 poemas e será lançada pelo Clube de autores. Os interessados em obter o livro podem encomendá-lo pelo telefone 991573938.

Manifesto da Arte
Por Ernandes Dantas

Vamos mergulhar de corpo e alma na arte
E estimular todos os nossos sentimentos
Desconsiderar que o belo é sempre o mais bonito
Pois, algo que é visto como feio e incorreto pode também nos despertar emoções, conhecimentos e afetos.
O medo, a raiva e a tristeza
Também tem seus ares de beleza
Então, vamos viver, fruir, e contemplar as obras
Sejam de diversos lugares: antigas, clássicas ou novas

Imagens, sons, gestos e movimentos
Fazem parte desse universo artístico
Que se articula e se reconstrói
Que prende, que liberta, amarra e desata nós.

Arte em todos os cantos, povos e momentos
Arte de variados tipos, estilos e movimentos
Seja desenhada, pintada ou dramatizada,
Leva-nos a vários mundos
Desde o real ao faz de conta.

Todas nos causam emoção
Todas nos afrontam
Levando-nos a prazeres extraordinários
Ao estimulo das múltiplas inteligências,
De uma forma significada,
Muitas vezes sem pedir licença.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!