JOGOS ESCOLARES
Atletas de Roraima iniciam hoje disputas nos Jogos Escolares da Juventude no PR
As competições começam nesta quarta-feira, 13, se estenderão até o dia 21 deste mês e os 46 atletas que vão representar Roraima são de escolas da capital e de municípios do interior do Estado
Por Ribamar Rocha
Em 13/09/2017 às 00:10
Equipe de natação é esperança de medalhas para Roraima (Foto: Ascom/Seed)

Com uma delegação de 46 estudantes/atletas da categoria Mirim, de 12 a 14 anos, mais bem colocados na edição estadual dos Jogos Escolares, Roraima inicia nesta quarta-feira, em Curitiba (PR), a participação na edição nacional dos Jogos Escolares da Juventude. Os roraimenses, com mais dez técnicos e dirigentes que integram a delegação, embarcaram no domingo para a capital paranaense e chegaram na segunda-feira à noite em Curitiba.

A abertura oficial do maior evento esportivo escolar do país aconteceu na noite de ontem no Círculo Militar do Paraná com a presença de várias estrelas do esporte brasileiro, como Etiene Medeiros (natação), Tiago Camilo (judô), Fabiana Murer (salto com vara), Emanuel Rego (vôlei de praia), Sheilla (vôlei), Ligia Silva (tênis de mesa), Aline Silva (lutas), Iziane Marques (basquete), Silvia Helena Pereira (handebol), Jéssica Maier (ginástica rítmica), Gideoni Monteiro (ciclismo) e Luiz Henrique dos Santos (badminton).

As competições começam nesta quarta-feira, 13, se estenderão até o dia 21 deste mês e os 46 atletas que vão representar Roraima são de escolas de Boa Vista e dos municípios de Alto Alegre, Bonfim, Caracaraí, São João do Baliza e Uiramutã, estarão lutando por medalhas, nesta primeira etapa, nas modalidades individuais de atletismo, xadrez, natação, ginástica rítmica, judô e tênis de mesa.

NATAÇÃO - Baixar o tempo. Essa é a missão dos atletas da natação que participam dos Jogos da Juventude 2017 em Curitiba, no Paraná. “O objetivo deles é baixar o tempo em todas as provas e, como consequência, chegar ao pódio”, disse o professor de Educação Física e técnico, Neemias Serafim.

A rotina de treino é pesada e o atleta Abraão Amaral, 14 anos, da Escola Estadual São Vicente de Paula sabe bem como é. “Todos os dias eu reservo cerca de duas horas e meia somente para treinar. Aqui na competição nacional o nível é diferente, a luta é contra o tempo. Mesmo se não levar medalha, volto para casa feliz porque só de poder estar participando já é uma vitória.”, contou.

Dos dez atletas da equipe de natação, sete são ‘calouros’. Abraão Amaral e Melissa Areias, de 12 anos, da Escola Adventista, fazem parte do grupo que participam do maior evento escolar esportivo do país pela primeira vez. “Estou feliz e ansiosa”, revelou Melissa. Mesmo sem experiência em competições, ela diz que a ansiedade não vai atrapalhar na hora da prova.

“Eu estou preparada. Minha rotina de treino foi intensa”, afirmou. A estudante vai participar dos 100m costa, 200m medley, 50m costa e de dois revezamentos. Abraão e Melissa continuarão com a rotina de treinos depois da competição nacional. “Minha meta é baixar o tempo e melhorar cada dia mais a técnica”, comentou Abraão.

O professor Neemias Serafim quer que os atletas vivam a atmosfera dos jogos e levem para casa a experiência das vivências com atletas de outros Estados. “Essa é uma experiência que poucos estudantes podem ter. Estar aqui e poder representar Roraima é uma sensação única, ainda mais para nós que somos do extremo norte do país”, finalizou.

COLETIVAS - No próximo sábado, dia 16, chegam à capital paranaense os atletas de Roraima que vão competir nas modalidades coletivas de futsal, handebol, basquete e voleibol. Somando as duas categorias, a delegação de Roraima conta com 147 pessoas entre atletas, técnicos e dirigentes que participam do evento esportivo escolar.

MUDANÇA - Este é o último ano que os Jogos Escolares da Juventude serão realizados no formato atual. A partir de 2018 haverá uma revisão na disputa das modalidades coletivas, primeiro com uma regional e uma diminuição do número de equipes que participarão da fase final.

Outra modificação é a junção das duas etapas dos Jogos Escolares 12 e 14, 15 e 17 anos, todos disputados em uma só competição. Não estão previstas mudanças no formato da disputa das modalidades individuais. O COB (Comitê Olímpico Brasileiro) ainda não oficializou as mudanças que entrarão em vigor a partir do próximo ano.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!