MONITORAMENTO NO TRÂNSITO
Autoridades dizem que só aplicação de multas não resolve o problema do trânsito em Boa Vista
Semáforos em locais desnecessários, ruas estreitadas devido a instalação de ciclovias, buracos e falta de sinalização foram algumas das críticas do presidente do Detran-RR, Titonho Beserra
Por Folha Web
Em 25/09/2017 às 01:20
Os entrevistados do Agenda da Semana, presidente do Detran-RR, Titonho Beserra, e o deputado estadual Gabriel Picanço, acreditam que ações conjuntas possam surtir mais efeito (Foto: Diane Sampaio)

Em entrevista ao Programa Agenda da Semana, da Rádio Folha 1020 AM, neste domingo, dia 24, o presidente do Detran-RR (Departamento Estadual de Trânsito de Roraima), Titonho Beserra, e o deputado estadual Gabriel Picanço (PRB), afirmaram que a aplicação de multas sozinha não irá resolver o problema do trânsito em Boa Vista. Eles destacaram como ferramenta para um melhor trânsito, a melhoria da infraestrutura das ruas e avenidas da Capital, além da promoção de ações educativas. 

Beserra, lembrou que a Prefeitura de Boa Vista por meio da SMTRAN (Superintendência Municipal de Trânsito) implantou um sistema integrado de monitoramento nas principais vias de acesso de Boa Vista. “Em 15 dias de implantação, a prefeitura já registrou mais de 40 mil infrações e esse sistema de monitoramento nem está em todas as ruas. Acredito que isso gere resultados sim, mas não resolve os problemas do trânsito em nossa Capital”, disse.

Ele destacou que as infrações são cometidas na maioria das vezes nos horários de pico. “O que faz as pessoas cometerem infrações é a pressa e o trânsito lento. Os congestionamentos muitas vezes são causados devido a infraestrutura ruim de trânsito, semáforos em locais desnecessários, ruas estreitadas devido a instalação de ciclovias, entre outros problemas como buracos e falta de sinalização”, disse.

Como parte da solução para o problema, o presidente do Detran-RR ressaltou a importância de ações educativas. “Além de melhorar a infraestrutura, também devemos promover ações educativas, conscientizar os condutores. O Detran-RR tem o Programa Cidadão do Futuro, que conscientiza futuros condutores sobre a importância de se manter a paz no trânsito e seguir as leis”, informou.

Para que esse trabalho seja feito de forma mais abrangente e efetiva, Beserra acredita que é necessária uma parceria com a Prefeitura. “Juntos teríamos um maior alcance, porém não há esse trabalho conjunto devido a posições políticas. É uma pena, pois quem tem a perder é a população”, disse.

O deputado estadual Gabriel Picanço destacou que dentro do âmbito legislativo, os parlamentares podem trabalhar em um projeto que faça com que os poderes estadual e municipal se unam para garantir um trânsito mais seguro. “Não podemos continuar do jeito que está. Acredito que a Assembleia Legislativa possa ajudar nesse quesito, pois é uma coisa que afeta a todos”, comentou.

Christhian Rodolfo Torres Dominguez disse: Em 25/09/2017 às 07:27:45

"kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk o pessoal tem sair mais cedo ........................, vai trabalhar"

ELIEZER disse: Em 25/09/2017 às 07:09:15

"Falou tudo!!!"

Rildo Lopes disse: Em 25/09/2017 às 07:00:48

"Se a própria população pediu os semáforos hoje instalados. Como haver instalações e locais sem necessidades. Enfim, cada um com sua idéia. Sair da cadeira e fazer algo que é o difícil."