CRIMINALIDADE
Bandidos arrombam residências na zona Oeste e fazem o “limpa”
Por João Barros
Em 10/10/2017 às 00:48

As forças de segurança do Estado ainda não conseguiram conter o avanço da criminalidade urbana, especialmente os crimes de furto que continuam sendo frequentes na rotina do boa-vistense. No último domingo, dia 8, dentre as ocorrências registradas na Central de Flagrantes do 5o DP estão dois casos em que os bandidos fizeram o “limpa” nas residências.

A primeira vítima descobriu ter sido furtada às 7h30 do domingo. Ela contou à polícia que mora na Rua Estrela Celeste, no bairro Professora Araceli Souto Maior e viajou para a cidade de Pacaraima, na região Norte do Estado, deixando um conhecido responsável para alimentar seu cachorro e observar a casa para que não houvesse qualquer ato ilícito. O homem disse que passou em frente a casa no domingo, por volta das 7h e percebeu que as luzes estavam acesas e as fechaduras arrombadas. Ele disse que ligou para a proprietária do imóvel que imediatamente pegou um táxi e retornou para Boa Vista.

Chegando à sua casa, a vítima deu falta de vários pertences, como a TV Semp Toshiba de 32 polegadas, cor preta, tela plana; um notebook; uma mala preta com várias toalhas de banho bordadas, vários kits de edredons; 30 frascos de perfumes importados da marca Top Internacional; uma mochila preta com detalhes azuis; utensílios de cozinha da marca tupperware e uma pasta preta, cor cinza contendo diversos documentos pessoais e documentos do imóvel. A vítima declarou que mais produtos podem ter sido furtados e que os bandidos deixaram uma faca enterrada no quintal da residência.

O segundo caso aconteceu por volta das 13h, também do domingo, quando os bandidos arrombaram uma residência que fica na Rua José Gomes da Silva, bairro Sílvio Botelho. O dono do imóvel disse à polícia que saiu de casa às 9h e, quando retornou no começo da noite, verificou que ladrões arrombaram a porta da cozinha para terem acesso à parte interna. A casa foi revirada e os seguintes objetos foram furtados: uma TV 42 polegadas da marca Philips, um notebook Semp Toshiba, uma bolsa com diversas ferramentas, um martelo, uma parafusadeira elétrica com kit, uma faca, um cofre de moedas, cinco frascos de perfume e uma bolsa cor marrom.

A vítima contou que as laterais do terreno onde mora são muradas, mas que a parte da frente é cercada e tem portão de madeira. Um dos vizinhos chegou a ouvir barulhos vindo de dentro da casa, mas pensou que era o proprietário. O homem disse que não tem nenhum suspeito e dispensou a perícia porque violou o local do crime.

Até o fim da tarde de ontem, dia 9, nenhum dos autores dos furtos foram presos e nem os produtos localizados. (J.B)

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!