MUCAJAÍ
Bandidos furtam Correios e tentam entrar em agência do Banco do Brasil
Gostei (0) Não gostei (0)
Casos aconteceram em dias diferentes; nenhum suspeito dos crimes foi identificado e preso até o momento
Por João Barros
Em 17/05/2018 às 00:58
Os dois prédios ficam na avenida Maranhão, no Centro da Cidade (Foto: Aldemir Bispo/Arquivo/Folha)

Uma guarnição da Polícia Militar do município de Mucajaí, na região centro-oeste do Estado, foi acionada por funcionários do Banco do Brasil para que fosse atender uma ocorrência de tentativa de furto que teria acontecido durante a madrugada da terça-feira, dia 15.

A ação criminosa não foi bem-sucedida e por esse motivo nenhuma diligência foi iniciada. Os ladrões tentaram entrar pelo forro, mas não conseguiram. Os alarmes sequer dispararam e nenhum dos itens que compõe o circuito de segurança registrou a entrada dos bandidos.

O caso deve ser investigado pela Polícia Civil do município, no entanto, até o fim da tarde de ontem, nenhum suspeito foi preso.

FURTO – A agência dos Correios no município não teve a mesma sorte, pois foi invadida no último fim de semana. O cofre do estabelecimento foi arrombado e alguns itens furtados. A PM explicou que foi acionada dias após o crime e que os funcionários do órgão ainda estão fazendo o levantamento do que foi furtado.

Os bandidos entraram pelo telhado do prédio para efetuar o crime. Os funcionários também não souberam explicar com precisão o dia em que o crime aconteceu, uma vez que ao fim do expediente na sexta-feira, dia 11, não havia qualquer alteração, mas quando retornaram na segunda-feira, 14, perceberam que o local tinha sido violado, portanto, o crime pode ter acontecido no intervalo da noite do dia 11 à madrugada do dia 14.

O Boletim de Ocorrência (B.O.) foi registrado na Delegacia do município para que o delegado tomasse conhecimento do caso. A Folha solicitou da Polícia Civil informações a respeito da ocorrência, mas a autoridade policial destacou que como os Correios é uma instituição federal e que o B.O. foi entregue à Polícia Federal, que ficará responsável pelas investigações. Até o presente momento nenhum dos ladrões foi preso. (J.B)

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!