DECISÃO DO ESTADUAL 2017
Baré e São Raimundo reeditam 2016 e disputam hoje o título do Roraimense
As duas equipes voltam ao campo da Vila Olímpica Roberto Marinho, a partir das 20h da noite de hoje, para a disputa de mais um título estadual, depois de conquistarem um turno, cada, do Estadual.
Por Ribamar Rocha
Em 16/05/2017 às 00:10
São Raimundo e Baré voltam a se enfrentar numa decisão Estadual (Foto: Arquivo Folha)

Baré e São Raimundo mostram que são os dois clubes em maior evidência no Estado e reeditam hoje a disputa do Campeonato Roraimense de Futebol do ano passado, quando o Mundão venceu nos pênaltis, depois de empatar em 2 a 2 no tempo normal de jogo. As duas equipes voltam ao campo da Vila Olímpica Roberto Marinho, a partir das 20h da noite de hoje, para a disputa de mais um título estadual, depois de conquistarem um turno, cada, do Estadual.

Essa será a terceira vez na história do futebol profissional que as duas equipes decidem o título. A primeira foi em 1997, vencida por 3 a 1 pelo Baré. No ano passado deu Mundão.

O campeão estadual deste ano garante vaga para representar o Estado no Campeonato Brasileiro da Série D, Copa do Brasil e na Copa Verde de 2018. O vice-campeão fica com a segunda vaga da Série D.

Se o retrospecto dos três jogos disputados pelas duas equipes no certame deste ano for levado em consideração, o São Raimundo leva vantagem sobre o Baré. No primeiro confronto, valendo pelo título do Primeiro Turno, houve empate de 0 a 0 e o Baré levantou a taça ao vencer por 5 a 4 nos pênaltis. O segundo jogo aconteceu pela fase classificatória do Returno e o Mundão venceu o Colorado da Consolata por 1 a 0. O terceiro confronto entre as duas equipes aconteceu na decisão do Segundo Turno, realizado na terça-feira passada e o Mundão venceu por 2 a 1.

Neste jogo houve sete expulsões. O Baré perdeu o atacante Stanrley, no decorrer da partida, e o zagueiro Jeferson, que se envolveu numa briga generalizada ao final do jogo. Além do goleiro reserva Henrique, que já havia sido expulso do banco de reservas e voltou para o campo e se envolveu numa briga com o goleiro Katê, do São Raimundo. Pelos lados do Mundão foram expulsos o goleiro Katê, e os meias Ygor e Fernandinho. Além do meia-atacante Viny (artilheiro do Estadual com nove gols), que recebeu o terceiro cartão amarelo e está fora da decisão.

Pelo regulamento divulgado pelo Departamento Técnico da Federação Roraimense de Futebol (FRF), em caso de empate no tempo normal de jogo, o título de Campeão Estadual de 2017 será decidido nas cobranças de pênaltis.

Desfalcado, Mundão mantém otimismo

O São Raimundo vem desfalcado de três atletas considerados de suma importância na composição da equipe: o goleiro Katê, o meia Ygor e o meia-atacante Viny, esse último o artilheiro da equipe e do Estadual com nove gols. Ygor foi expulso no decorrer da partida da decisão do Segundo Turno, Katê foi expulso depois de se envolver na briga com o goleiro Henrique, reserva do Baré (que originou a briga generalizada ao final do jogo) e Viny recebeu o terceiro cartão amarelo e fica fora da final. Além do meia Fernandinho, que estava no banco e foi citado na súmula do árbitro José Ordilio.

“Estes atletas são a espinha dorsal do São Raimundo”, disse o treinador Chiquinho Viana. “Tinha a opção do Fernandinho para o meio campo, mas ele também foi citado na súmula e agora é ver o leque de possibilidades que temos e trabalhar para montar a melhor equipe”, afirmou.

Sem Katê as opções para guarnecer a meta ficam com o Diego e o Leonay. Já para compor o meio campo no lugar de Ygor e Viny, Chiquinho Viana tem as opções do Luan, Careca e Caio. “Vamos testar as três opções e ver qual a melhor se encaixa”, disse.

As definições foram apontadas durante o treino que realizado na noite de ontem no CT da Sede Campestre do clube, mas a formação só será divulgada momentos antes da partida desta terça-feira.
Quanto à vantagem que o Mundão vem mostrado nesta competição sobre o rival, com um empate e duas vitórias nos três jogos entre as duas equipes, Chiquinho disse que respeita o Baré e que a decisão começa do zero.

“Não existe vantagem. Começamos do zero e respeitamos muito o Baré. Vai vencer quem tiver mais equilíbrio. Conversamos muito com nossos jogadores para manter o equilíbrio e não acontecer o que houve no final do último jogo (em relação a briga). Isso não pode acontecer”, afirmou.

A mais provável escalação do São Raimundo será com Diego; Welington, Kelvyn, Alan Caruarú e Arthur Portela; Belão, Nilsão, Careca ou Luan e Caio; Thiago Paraná e Rafael Barros.

BARÉ - A reportagem fez contato por whats com o treinador Betinho, do Baré, para saber qual atividade a equipe faria na tarde de ontem e os detalhes para a decisão, se Luiz Carlos voltaria a jogar ou se já teria o substituto, ele se limitou a informar que a equipe vai jogar com Leandro; Marquinhos, Vitor Hugo, Jandão e Vagner; Luan, Dudé, Maycon e Cacau; Junior Neymar e Robemar.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!