PROCURA POR ARMAS
Bope faz revista em acampamento de venezuelanos na Rodoviária
Policiais estavam à procura de armas armas brancas e entorpecentes que poderiam estar escondidos nas barracas dos estrangeiros
Por Folha Web
Em 10/10/2017 às 10:00
Agentes teriam recebido denúncia de que estava havendo vários confrontos entre venezuelanos no acampamento (Foto: Nilzete Franco)

Policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar de Roraima (PMRR) realizaram na manhã desta terça-feira, 10, uma revista geral no acampamento montado por dezenas de famílias de venezuelanos no entorno da Rodoviária Internacional de Boa Vista, localizada no bairro 13 de setembro, zona Sul de Boa Vista.

Segundo apurou a reportagem, os policiais estavam à procura de armas brancas e entorpecentes que poderiam estar escondidos nas barracas dos estrangeiros. Havia a informação de que os venezuelanos estavam sendo retirados do local, o que foi negado por um agente.

Os agentes foram acionados porque hoje pela manhã, 10, por volta das 09h, teve uma briga entre venezuelanos indígenas e não-indígenas. Na confusão, os envolvidos teriam utilizado pedaços de madeira e facões para se agredirem.

Um deles teve que ser removido ao hospital pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Os policiais não encontraram os envolvidos na confusão, mas decidiram revistar todas barracas, onde encontraram facões, punhais, facas e pedaços de madeira.

Os venezuelanos estão no local há vários meses e, ao contrário dos estrangeiros que estavam vivendo nas praças, ainda não foram retirados.

Damiao disse: Em 10/10/2017 às 18:08:07

"Com tanto venezuelano aqui eu tou me sentindo um extrageiro no meu proprio Pais."

Casa da Mãe Joana disse: Em 10/10/2017 às 15:04:44

"Palhaçada demais"

Casa da Mãe Joana disse: Em 10/10/2017 às 15:04:36

"Palhaçada demais"

Castro disse: Em 10/10/2017 às 13:24:56

"Esses venezuelanos tem que ser deportados o mais rápido possível chega dessa palhaçada estão aumentando rapidamente o número de criminosos em boa vista deixem de ser alienados povo roraimense e vamos as ruas pedir a deportação dessa gente se fosse os brasileiros lá já estavam mortos e as fronteiras fechadas"

Manuel disse: Em 10/10/2017 às 12:03:48

"Esta historia ainda vai render..."