CARACARAÍ
Câmara julga irregulares contas de deputado quando era prefeito
Gostei (0) Não gostei (0)
Além da ilegibilidade, o parlamentar terá que ressarcir os cofres do município em R$ 282 mil; Por telefone, ele informou que vai ingressar com ação contra a decisão
Por Folha Web
Em 29/05/2018 às 13:06
As contas reprovadas pela Câmara são da época que Odilon Filho era prefeito do município (Foto: Diane Sampaio)

A Câmara Municipal de Caracaraí julgou irregulares as contas do então prefeito do município de Caracaraí, atual deputado Odilon Filho, referente à prestação de contas de 2010. A reprovação das contas do então prefeito prevê ainda que o deputado ficará inelegível e foi condenado ao ressarcimento de cerca de R$282 mil aos cofres da prefeitura de Caracaraí.

Os vereadores de Caracaraí acataram, na sessão realizada nesta segunda-feira (28), o parecer prévio do Tribunal de Contas do Estado, que julgou irregulares as contas da Prefeitura, em agosto de 2014.

De acordo com o parecer do TCE, as irregularidades apontadas nas contas são referente ao pagamento de despesas com recursos do Fundeb, no valor de R$281.306,37, sem ter sido devidamente liquidada.

Além disso, houve o pagamento de uma nota fiscal, no valor de R$1.395,00, sem o devido atesto na nota.

OUTRO LADO - Por telefone, o ex-prefeito de Caracaraí e atual deputado estadual, Odilon Filho, informou que todos os processos realizados à época foram feitos dentro da legalidade e que já está com as cópias documentos para ingressar com ação contra a decisão.

Matéria completa você confere na Folha Impressa desta quarta-feira, 30. Colaborou o repórter Luan Guilherme Correia.

jose maria lira da costa disse: Em 29/05/2018 às 18:51:09

"kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkessa é boa agora é inocente?"