CLAREAMENTO DENTAL
Cirurgião dentista explica como funciona o procedimento
Gostei (0) Não gostei (0)
Por Raisa Carvalho
Em 12/03/2018 às 00:09
Qualquer pessoa que possui dentes naturais está apta a fazer o clareamento dental (Fotos Divulgação)

O clareamento dental é um tipo de tratamento dentário responsável por deixar o dente branquinho e o sorriso digno da capa de revista, porém existe uma série de dicas e cuidados que o paciente deve estar atento antes de passar pelo procedimento.

Além de ser um tratamento simples e pouco invasivo, uma das vantagens do clareamento dental é que quase qualquer pessoa pode se submeter ao procedimento.

Para descobrir se você é candidato a clareamento de dentes, é aconselhável consultar um especialista em saúde bucal especialista nesse tipo de tratamento.

Segundo o cirurgião dentista Mauro Raposo, qualquer pessoa que possui dentes naturais está apta a fazer o clareamento dental, desde que esteja em dia com a saúde bucal. “Se sua saúde bucal estiver comprometida, por exemplo, é provável que você tenha que fazer outro tipo de tratamento antes de clarear”, conta.

O dentista conta que o clareamento feito no consultório produz resultados rápidos, através do uso de um agente com alta concentração. “Cada sessão pode durar até 2 horas dependendo da quantidade de aplicações. Durante a técnica, isolamos os dentes do meio bucal e do contato com a saliva", explica o cirurgião dentista.

O clareamento caseiro apresenta resultados mais estáveis, porém mais lentos. "A associação das técnicas combina o melhor dos dois procedimentos com um ganho de tempo e aumento da segurança, aliando as vantagens do tratamento no consultório com o caseiro", relata.

O uso de algumas substâncias deve ser evitado em excesso, especialmente durante o tratamento clareador. “Alimentos com forte coloração como beterraba, chocolate e algumas bebidas como café, achocolatados, refrigerantes, vinhos tintos e sucos com adição de corantes devem ser evitados nos primeiros dias”, ressalta.

Segundo o especialista, a pouca durabilidade do clareamento acontece se o paciente consumir de forma frequente, alimentos, bebidas, medicações ou quaisquer substâncias que provoquem pigmentação nos dentes.

“Um reforço do branqueamento resolve facilmente essas alterações de cor. Uma dica importante é escovar os dentes após qualquer refeição, isso evita a pigmentação e aderência de substancias com corante além de evitar o acúmulo de bactérias evitando assim inúmeros problemas bucais e gerais”, finaliza.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!