FUTSAL
Com boa atuação, Constelação vence AABB UPIS pela Copa do Brasil
Gostei (0) Não gostei (0)
O time roraimense precisa apenas de um empate no jogo da volta para se garantir na próxima fase da competição nacional
Por Folha Web
Em 09/07/2018 às 08:01
O time da casa começou perdendo mais buscou o resultado diante do seu torcedor (Foto: Rede Social/Constelação)

O Constelação venceu o AABB UPIS em jogo válido pela quartas de final da Copa do Brasil de Futsal. A partida foi realizada no último sábado, 7, no Ginásio Hélio Campos. A equipe roraimense teve boa atuação contra seu adversário e só não aplicou uma goleada por erros na finalização. Com a vitória, o time de Roraima precisa apenas de um empate para garantir vaga na fase seguinte.

Quem balançou as redes para os donos da casa foram: Wagner, Alexsandro, Rafael, Andrio e Walter. Pela AABB, quem foi o autor do único gol dos brasilienses foi Victor Dias.

A equipe do Constelação iniciou a partida atrás do marcador, mas não demorou muito pra reagir e logo deu alegria ao seu torcedor que vibrou com o empate e boa atuação dos roraimenses. Com o jogo ainda empatado, o time constelar demorou pra virar o placar. Foram muitas as chances desperdiçadas pelo time dirigido por Olano Matos.

Com o time já em vantagem, o Time das Estrelas ditou o ritmo de jogo e começou a dominar a partida. Já AABB, se defendia e fazia tentativas de perigo de gol, mas jogava muito recuado. Com isso a equipe roraimense, empurrado pelo seu torcedor garantiu a vitória por 5 a 1.

Com o apito final dos árbitros, treinadores e jogadores falaram com a Folha. Yan Igor, goleiro da AABB, lamentou a derrota e explicou o desempenho de sua equipe na partida.

“É difícil, viagem muito longa, que interfere na partida. Nenhuma desculpa claro, até porque o time daqui é muito forte, entrosado, de muita qualidade. O calor aqui é grande, não estamos acostumados, mas no meu ver não é desculpa. A gente jogou abaixo do esperado infelizmente, agora vamos voltar pra Brasília, treinar mais e tentar reverter esse resultado e conseguir a vaga na nossa casa”, disse.

Treinador da AABB, André Barros, também lamentou a derrota e exaltou a qualidade da equipe roraimense.

“Nós pecamos muito na marcação, a equipe adversária é muito qualificada, com bom toque de bola, movimentação rápida, time muito veloz. E a gente querendo ou não, tivemos um desgaste muito grande, pegando voo com escala de 12 horas. Claro, muito mérito da equipe daqui, que impôs o ritmo muito forte, do início ao fim e a gente não conseguiu acompanhar”, explicou.

Do lado vitorioso, Olano Matos comentou o bom desempenho de sua equipe, já que ela foi composta por sua garotada do Sub-20.

“Nossa equipe fez uma grande partida, a garotada tá de parabéns, se comportou muito bem durante o jogo. Começamos dando uma pressão neles, perdemos algumas chances de gols, saímos atrás do placar, mas como a gente estava com a cabeça muito boa a gente conseguiu controlar os nervos e aí empatou, virou o jogo, cresceu e graças a Deus conseguimos uma vitória excelente”, comemorou.

Autor de um belo gol, com bela assistência do goleiro Erlison, Walter dos Reis dividiu o mérito e comentou o lance.

“Foi muito mérito do nosso treinador e do goleiro que lançou a bola praticamente perfeita e eu tive a felicidade de fazer o gol. O adversário é muito forte, mas nós fizemos o dever de casa, que foi ganhar, agora é ir pra Brasília e conseguir a classificação”, contou o ala.

Com esse resultado, o Constelação precisa apenas de um empate para se garantir na fase seguinte da competição nacional. O jogo da volta está marcado para o dia 21 deste mês na capital federal.

FICHA TÉCNICA:

CONSTELAÇÃO: Lucas Martins, Andrio Lima, Dimas Rodrigues, Walter Reis, Rafael Monteiro, Matheus Henrique, Luiz Felipe, Arckson dos Santos, Ricardo Conceição. Erlison Mota, Wagner Hermes, André Arruda, Alexsandro Araújo, Suelinton Martins.
Comissão técnica: Olano Matos – Reginaldo Oliveira 

AABB UPIS: Fernando Martins, Pedro Henrique, Victor Oliveira, Igor Gabriel, Romulo Ribeiro, Mateus Queiroz, João Marcelo, Yan Igor, Matheus Antunes, Jones Nonato, André Luiz, Rene Bittencourt.
Comissão técnica: André de Oliveira Barros

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!