AGÊNCIA FLUVIAL
Comitiva da Marinha vem à Roraima
A agência Fluvial é a primeira unidade da Marinha no Estado
Por Folha Web
Em 22/08/2017 às 15:00
O objetivo da visita foi acompanhar a ativação da Agência Fluvial de Caracaraí (Foto: Divulgação)

A 1ª Brigada de Infantaria de Selva recebeu comitiva do Comando do 9º Distrito Naval (9º DN), chefiada pelo Vice-Almirante Luís Antônio Rodrigues Hecht nessa terça-feira (22). O objetivo da visita foi acompanhar a ativação da Agência Fluvial de Caracaraí, no município roraimense, sul do Estado, a 140 Km de Boa Vista.

A agência será responsável por todo o trabalho da Capitania dos Portos em Roraima, garantindo a segurança do tráfego aquaviário. Além da fiscalização, emissão de habilitação e legalização de embarcações, o órgão vai atuar também na prevenção da poluição hídrica.

O município de Caracaraí foi escolhido por possuir o maior tráfego de embarcações de pequeno e médio porte. O projeto contempla a doação de dois terrenos, um para a criação da Agência de Capitania dos Portos e o outro para moradia dos militares.


Na ocasião, os militares da Marinha do Brasil foram recebidos com uma formatura, a qual estavam presentes as tropas das organizações militares de Boa Vista.

Em seguida, a comitiva assistiu palestra proferida pelo General de Brigada, Gustavo Henrique Dutra de Menezes, comandante da 1ª Bda Inf Sl, no auditório da Brigada, onde foi apresentado as características geopolíticas do Estado de Roraima, bem como as operações realizadas na faixa de fronteira.

A agência Fluvial é a primeira unidade da Marinha no Estado de Roraima. Em seu discurso de encerramento, o Vice-Almirante Hecht agradeceu o apoio dado pela 1ª Bda Inf Sl para enfrentar os desafios peculiares da região e expandir a estrutura da Marinha na Amazônia Ocidental.

gilberto marcelino disse: Em 22/08/2017 às 19:55:14

"Como secretário decano da Prefeitura de Caracaraí, coube-me a missão de desapropriar, sem ônus para o Erário, as áreas doadas à Marinha do Brasil para a implantação agência fluvial objeto da matéria. Com isso, Roraima deixa de ser o único estado brasileiro sem unidade administrativa e operacional da Marinha no país. "