ASSASSINADO EM GOIÁS
Criança morta por mãe e padastro não terá enterro em Boa Vista
O corpo de Antônio Jorge Ferreira da Silva, de 9 anos será enterrado em Goiânia
Por Folha Web
Em 25/05/2017 às 16:02
Antônio Jorge Ferreira da Silva, de 9 anos, foi assassinado pela mãe e o padrasto (Foto: Divulgação)

O corpo de Antônio Jorge Ferreira da Silva, de 9 anos, assassinado em Goiás pela mãe e o padrasto não será enterrado em Boa Vista. As informações são do pai, eletricista Claudemilton Ferreira que tentava realizar o sepultamento em Roraima, porém devido o estado avançado de decomposição não será possível.

“É uma notícia ruim pra mim e para toda a minha família, o corpo não poderá será transferido. Só o pesinho dele está firme, o corpo já derreteu, então não é possível. Não sei mais o que fazer. Aqueles que ajudaram a minha vinda até Goiania ficarei eternamente grato” disse.

Caso - A mãe da criança Jeannie da Silva Oliveira, de 27, e Renato Carvalho Lima, de 20 são acusados do crime em Goiânia.

O padrasto teria enforcado o garoto e  colocado o corpo em uma caixa de papelão e o jogado em uma mata.

De acordo com a polícia, o casal deve ser processado por infanticídio, falsa comunicação de crime e ocultação de cadáver.

“Ela (a mãe) queria que eu (o padrasto) desse um jeito, porque estava cansada dele”, disse Lima, durante depoimento ao delegado Valdemir Pereira da Silva, titular da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic).

luluh disse: Em 26/05/2017 às 10:56:50

"Deus me livre, essa mãe e esse padastro deverá morrer atras das grades.."

kelvis frança santana disse: Em 25/05/2017 às 16:32:23

"CORREÇÃO - O artigo 123 do Código Penal caracteriza o crime de infanticídio como o ato de matar, sob a influência do estado puerperal, o próprio filho durante o parto ou logo após. A uma diferença entre infanticídio e homicídio doloso. "