VERÃO
Cuidados com o corpo também envolvem a saúde bucal
Por Raisa Carvalho
Em 03/01/2017 às 00:05
O cirurgião dentista João Batista dá algumas orientações para manter hábitos saudáveis

O verão começou e, como todas as estações do ano, traz comidas e bebidas especiais para combater o calor. Como o clima quente é sinônimo desta época, aquela raspadinha na praia, um sundae ou um refrigerante geladinho acabam sendo uma ótima pedida. Mas, e como fica a saúde bucal com todas essas guloseimas?

O cirurgião dentista João Batista dá algumas orientações para manter hábitos saudáveis e dar um “chega pra lá” nas cáries e outros problemas. Uma delas é comer frutas “limpantes”. Segundo ele, escovar os dentes na praia não é muito prático e muitas pessoas acabam se esquecendo de limpar os dentes. O especialista indica que, após as refeições, seja feito um bochecho com água. O consumo de frutas também é uma boa pedida.

“Frutas que têm vitamina C auxiliam no combate ao acúmulo de placa. O morango ainda tem ácido málico, que ajuda a remover manchas e a clarear os dentes.

Outras ótimas opções são maçã, pera e goiaba in natura, que dão a sensação de saciedade e limpam os dentes a cada mordida”, relata.

O dentista também indica trocar o refrigerante pelo suco ou água. "O refrigerante contém ácido fosfórico e pode destruir o esmalte do dente. Além disso, tem alta concentração de açúcar, o que contribui bastante para o surgimento da cárie”, explica o dentista.

Cuidado com o limão – Além de provocar manchas na pele, o limão também mancha os dentes quando exposto ao sol. “Isso acontece porque o alto teor de ácido cítrico pode desmineralizar o esmalte e até causar sensibilidade”, conta o especialista. Dê preferência ao canudinho para evitar o contato direto da fruta com os dentes.

Aplique protetor solar labial – Batista conta que proteger os lábios é a melhor prevenção contra o câncer bucal, que, na maioria das vezes, se dá pela exposição crônica aos raios solares. “Use um filtro solar específico para os lábios, além de chapéus e bonés. Muita gente só se preocupa com o corpo e esquece que a boca também precisa de proteção”, comenta.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!