CORRUPÇÃO
Escândalo Temer repercute no mundo
'The New York Times', 'Le Monde' e 'BBC' destacaram crise econômica e política no Brasil
Por Folha Web
Em 17/05/2017 às 21:00
Presidente Michel Temer está à beira do abismo (Foto: Pesquisa por imagem)

O novo capítulo da crise política no Brasil virou notícia em sites internacionais, após o depoimento do ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero, de que o presidente Michel Temer e o ministro Geddel Vieira Lima estariam envolvidos em tráfico de influências.

No site do jornal americano The New York Times, o nome de Temer estampava a manchete: “Presidente do Brasil, Michel Temer, envolvido em novo escândalo de corrupção”.

Para o Times, o “último escândalo está se transformando na mais aguda crise que Temer enfrenta desde que subiu ao poder”. O jornal também citou que o presidente brasileiro lida com baixas taxas de aprovação e que seu governo tem dificuldades para reparar uma “economia enferma atolada em sua maior recessão em décadas”.

O site da emissora britânica BBC também chamou atenção para o envolvimento do líder brasileiro, com a manchete “Michel Temer, presidente do Brasil, acusado de corrupção”.

O texto questiona o futuro de Temer na Presidência e relata que a oposição “ainda amargurada pela queda de Dilma Rousseff” já pede que o presidente seja “retirado do poder”. Segundo a BBC, Temer “tentou manter um governo estável, mas foi atormentado por alegações de corrupção contra seu próprio partido”.

O jornal francês Le Monde registrou a renúncia do ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, nesta sexta-feira, e relatou que o caso pode “retardar o processo de saneamento das finanças públicas” no Brasil.

Já o espanhol El País comentou que o governo de Temer ainda “não conhece a paz”. O site do jornal americano Wall Street Journal e a agência de notícias Reuters também noticiariam a saída de Geddel.

Com informações do portal Veja.

(Foto: Pesquisa por imagem)
(Foto: Pesquisa por imagem)
Comentários
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!