FITNESS
Exercícios afastam complicações na gravidez
Os benefícios são tão expressivos que os pesquisadores já até definiram a quantidade ideal de treinos por semana
Por Folha Web
Em 10/08/2017 às 00:25
A atividade física para a gravidez deve ser leve e relaxante e pode ser realizada diariamente (Foto: Divulgação)

“O pensamento de que as mulheres grávidas não devem se exercitar porque podem prejudicar o filho ainda é comum. Mas nós mostramos que a movimentação reduz o ganho de peso, o risco de diabetes e a probabilidade de cesárea”, disse, em comunicado, a pesquisadora Shakila Thangaratinam, da Universidade Queen Mary de Londres, na Inglaterra. A especialista é umas das autoras do maior levantamento feito até agora sobre estilo de vida durante o período gestacional.

Para sermos mais exatos, o consumo adequado de nutrientes em combinação com a ginástica foi responsável por uma diminuição de 10% na necessidade de um parto cirúrgico. Já o perigo de desenvolver diabetes, que normalmente afeta uma em cada dez grávidas, despencou 24%.

Tais resultados, obtidos a partir da análise de mais de 12.500 mulheres de 16 países, foram tão significativos que serviram de base para novas recomendações do Departamento de Saúde do Reino Unido (órgão similar ao Ministério da Saúde do Brasil). As diretrizes sugerem 150 minutos de treino moderado por semana – mas, obviamente, particularidades de cada fase da gestação precisam ser respeitadas.

“A atividade física deve ser parte da orientação de rotina dada por médicos e parteiras a quem espera uma criança”, apontou Shakila. “Agora que nós revelamos quão benéfico são os exercícios para as grávidas, esperamos que elas estejam mais dispostas a adotar essas mudanças”, completou. Vale ressaltar que é imprescindível consultar um médico antes do início da malhação, já que algumas condições, como a pré-eclâmpsia e o deslocamento de placenta, demandam repouso.

Quanto aos bebês, não foram encontradas evidências de que os treinos causem problemas a eles. Na verdade, os pequenos só tendem a tirar vantagens quando a rotina da mãe é mais ativa e saudável.

Cuidados

A atividade física para a gravidez deve ser leve e relaxante e pode ser realizada diariamente, mas sempre respeitando as limitações da mulher. As melhores atividades físicas para a gravidez incluem caminhada, hidroginástica, natação, ioga, bicicleta ergométrica e exercícios de alongamento.

Estes tipos de exercícios ajudam a controlar o ganho de peso, não prejudicam os joelhos e melhoram o sistema cardiovascular, sendo benéficos para a mãe e para o bebê. Veja um bom exemplo de exercício físico que pode ser realizado na gravidez em: treino de caminhada para gestantes.

No entanto qualquer atividade física desde que seja bem orientada pode ser realizada durante a gestação, respeitando sempre os limites da mulher e a sua capacidade física, sendo que quem já praticava atividade física antes de engravidar tem mais opções de atividades que a mulher que era sendentária e que só começou a fazer exercícios depois que descobriu a gravidez.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!