CAMPUS AMAJARI
Exposição de banners inicia programação do VI Forit
Evento vai até quarta-feira, 29
Por Folha Web
Em 28/11/2017 às 23:00
Quase 140 banners apresentados (Foto: Nenzinho Soares)

A apresentação de banners abriu a programação do VI Fórum de Integração: Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação Tecnológica (Forint) do Instituto Federal de Roraima (IFRR), que se iniciou na manhã desta terça-feira, dia 28, no Campus Amajari, norte de Roraima.

Ao todo, 139 trabalhos foram apresentados em formato de pôsteres, sendo que mais de 100 deles são o resultado de pesquisas de alunos e professores participantes dos programas institucionais, o Pibict, o Inova e o Pbaex. Todos os campi do IFRR participaram.

Entre os projetos está o da aluna do curso Técnico em Administração do Campus Avançado Bonfim Sherimilla Edmundo Griffth, com o tema “O que a matemática tem a ver com a minha vida”, desenvolvido no 4.º ano do ensino fundamental da Escola Municipal Maciel Ribeiro Vicente da Silva, Município do Bonfim, com alunos de 8 a 11 anos.

O objetivo foi contribuir para que os estudantes pudessem lidar com a matemática de forma mais natural no dia a dia, já que é considerada por muitos como uma matéria difícil. A aluna explicou que trabalhou utilizando o lúdico (brincadeiras, jogos, oficinas) para ensinar.

“Todas as sextas-feiras, eu levava esse projeto, e as crianças já ficavam ansiosas para brincar. Elas compreenderam e gostaram de lidar de uma forma diferente com a matemática, não apenas escrevendo, calculando”, relatou.

Outro aluno participante foi Marcelo Guivara, do curso Técnico de Agropecuária do Campus Novo Paraíso, que estava envolvido em três projetos no VI Forint, entre eles o de “Desenvolvimento de sistemas simplificado de recirculação de água para peixe”, que reutiliza a água usada em tanque.

Marcelo comentou que o projeto tem a participação de oito alunos e que visa atender os agricultores familiares que pretendem criar peixes em casa. O tanque é feito de madeira e lona, o que diminui os custos.

“Por isso é que é mais viável para a agricultura familiar. Temos duas casas utilizando esse modelo. Em uma delas, o nosso aluno já conseguiu até vender, então está gerando renda”, disse.

Outro trabalho em forma de banner apresentado foi o dos professores do Campus Amajari Alessandra Fortes, Rafael Barros, Iraci Fidelis e Patrício Ferreira, com o tema “O ambiente para práticas agropecuárias – cortunicultura (criação de codornas) e cunicultura (criação de coelhos)”.

Alessandra explicou que, no curso de Agropecuária, tem a disciplina Criações Alternativas, na qual são estudados esses dois tipos de criação e, como dentro das aulas, não era possível realizar a parte prática, ela e o professor Rafael Barros submeteram o projeto ao Inova, no ano passado, para iniciar a construção.

Neste ano, novamente o projeto foi submetido para concluir a construção. Hoje, já se tem cinco matrizes (coelhas) e um reprodutor de coelho. “Dentro da Criação Alternativa (disciplina), hoje eles (alunos) agora têm esse espaço prático”, explicou Alessandra.

Conseguindo mais recursos, a professora adiantou que será montado o espaço para abate para que a carne de coelhos e das codornas seja fornecida para o restaurante.

EVENTO – Com o tema “Empreendedorismo e desenvolvimento regional sustentável”, a sexta edição do Forint ocorre nos dias 28 e 29 de novembro. Na programação do maior evento técnico-científico do IFRR, constam oficinas/minicursos, palestras, mesas-redondas, salas temáticas, oficinas, apresentação de trabalhos em formato de pôster, exposições tecnológicas e apresentações culturais. (RL)

Com informações da Assessoria

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!