TREINAMENTO
FBI ensina policiais de Roraima a combater o Crime Organizado
A intenção é aprimorar os conhecimentos de práticas investigativas
Por Folha Web
Em 08/05/2017 às 13:30
O curso é fruto de uma parceria entre a Sesp (Secretaria Estadual de Segurança Pública), Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública) e a Embaixada dos Estados Unidos (Foto: Divulgação)

Para contribuir no combate contra o crime organizado em Roraima, agentes do FBI (Federal Bureau of Investigation), ministram o curso “Investigação de Crime Organizado” para 50 policiais do sistema de Segurança Pública de Roraima. As aulas seguem até sexta-feira, 12, na Apcis (Academia de Polícia Integrada Coronel Santiago).

A intenção é aprimorar os conhecimentos de práticas investigativas e dar um panorama sobre como conduzir uma investigação complexa, apresentar as etapas do processo de combate ao crime organizado incluindo o aperfeiçoamento de técnicas de entrevistas, coleta de provas, gerenciamento de cena de crime, entre outros.

Na solenidade abertura, o secretário de Segurança Pública, Paulo César Costa, agradeceu aos agentes pela contribuição e parceria em um momento tão importante para a segurança local. “Sabemos que nossos policias trabalham incansavelmente e com muita responsabilidade para combater o crime em Roraima, por isso, é de extrema importância esse aprimoramento, para que se aperfeiçoem na prática contra crimes que afetam a segurança da nossa população”, ressaltou.

Segundo Daniel Park, representante da Embaixada Americana e do FBI nos Estados Unidos, os agentes de inteligência são responsáveis pela realização das investigações de segurança nacional e inteligência policial, atuando principalmente na repressão a crimes de corrupção, ao terrorismo, espionagem, crime organizado e, com o avanço tecnológico, têm atuado também contra crimes cibernéticos.

“Desde já agradeço o convite e fico muito feliz em contribuir com esses policiais que dão a vida a serviço da população. Serão dias de trocas de experiência e conhecimento das dificuldades locais para que assim, possamos trabalhar em conjunto. O crime organizado está crescendo em vários países, e, trocando informações, ideias e estratégias, vamos conseguir proteger nossos cidadãos”, enfatizou o agente.

Dentre as técnicas ensinadas no curso estarão: o uso de informantes, agentes infiltrados, e técnicas de interrogatórios. Casos de grande repercussão nos Estados Unidos também serão apresentados, entre outros.

PARCERIA – O curso é fruto de uma parceria entre a Sesp (Secretaria Estadual de Segurança Pública), Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública) e a Embaixada dos Estados Unidos. Durante três dias, os policias conhecerão um pouco mais das etapas envolvidas no processo de investigação que o FBI desenvolve contra o crime organizado.

Não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!